Publicidade

Como estimular seus alunos de forma eficiente

Como estimular seus alunos de forma eficiente

I. A Prática de Ensino eficiente

A.  O ensino deve estimular e direcionar a atividade própria dos alunos.

B. Como ensinar?

1. Uma questão básica: “Qual é a função do professor?”

2. O ensino deve estimular os alunos a aprender por si próprios. Estimule a mente dos alunos para a ação. Incentive os alunos a se considerarem descobridores / exploradores.

3. Desperte a mente de seus alunos! Faça os alunos pensarem! Desperte o espírito de investigação! Faça os alunos trabalharem sozinhos!

4. O conhecimento não pode / não deve ser simplesmente passado de mente para mente. O aluno deve ser incentivado a receber, reconhecer, repensar e reviver o conhecimento que lhe foi transmitido.

C. Como estimular seus alunos?

1.Seleção - Adapte as aulas e atribuições à idade e experiência dos alunos. Selecione aulas, exercícios e atividades que se relacionem com o ambiente e as necessidades dos alunos. Encontre o ponto na disciplina e na lição que faz contato com o aluno e enfatize esse ponto. Aumente o interesse no início da lição, mostrando a conexão da lição ao aluno. Isso pode ser feito com uma declaração, pergunta ou atividade.

2. Apresentação - Estimular o aluno a buscar novos fatos, princípios e habilidades durante a aula. Junte-se a eles em sua busca por essas coisas. Seja paciente. Dê ao aluno tempo para expressar e explicar o que estão aprendendo. Observe a “linguagem corporal” dos alunos em busca de mentes errantes. Certifique-se de que a mente de cada aluno está desperta, mantendo-os envolvidos no aprendizado. Reprima o desejo de contar tudo o que sabe ou pensa sobre uma lição ou assunto. Dê aos alunos tempo para contar o que sabem. Incentive os alunos a fazerem perguntas . E responda às suas perguntas com mais perguntas em vez de respostas rápidas e fáceis.

3. Encerramento - No final da lição, certifique-se de pedir as verdades descobertas. Uma aula é bem-sucedida se tiver como objetivo despertar novos interesses, pesquisas e atividades. Planeje exercícios que conduzam a novos estudos dentro e fora (“lição de casa”) da aula. Não esgote a lição, mas deixe espaço para trabalho adicional para estimular novo interesse, investigação e atividade.

D. Cuidados

1. Tentar ensinar uma lição simplesmente contando fatos. Evite dar palestras. Evite uma recitação apressada e irrefletida de fatos. O aprendizado vem pensando, não meramente sendo dito. (“Já te disse dez vezes ...”)

2. Tentar fazer com que o aluno se lembre de algo quando a mente do aluno nunca realmente reteve o pensamento. Interesse, investigação e atividade devem estar presentes antes que o aluno se lembre.

3. Exigir que os alunos repitam as próprias palavras do livro.

4. Não dar aos alunos tempo para pensar por si próprios e, em seguida, colocar seus pensamentos em palavras. Incentive os alunos a serem descobridores / exploradores dentro e fora da classe.

Sugestões.

1.Precisa de mais atividade autônoma do aluno na aula? Planeje com antecedência para menos palestras e mais atividade autônoma do aluno do início ao fim da aula. Você precisa de mais perguntas ou atividades dos alunos?

2.Precisa de mais auto-atividade do aluno fora da classe? Planeje com antecedência para mais atribuições de “lição de casa” (especialmente nas séries anteriores). Não torne as tarefas genéricas, mas adapte-as às necessidades e desejos de cada aluno; seu próprio interesse.

Como estimular seus alunos de forma eficiente


Conclusão

A. “O ensino deve estimular e direcionar a atividade própria dos alunos.”

B. A lição é como o pico de uma montanha. Não carregue seus alunos até o pico. Mostre-lhes como usar as ferramentas para chegar lá e, em seguida, deixe-os descobrir / explorar o caminho até o pico por conta própria.

Fonte: Chris Reeves 6 de junho de 1996


Caderno de Educação

Confira:

👉 Curso de Psicoterapia


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em sua s Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens Sugeridas, Relacionadas e Anúncios

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.

 
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.