-->

Publicidade

Veja as Melhores Profissões na área da Saúde

 Melhores profissões na área da saúde

Crescendo nossos próprios profissionais de saúde!

Por que escolher uma profissão na área de saúde? 

  • Há algo para todos
  • Sempre haverá necessidade de cuidados de saúde.
  • Oportunidades em ambientes rurais e urbanos
  • Escassez atual de profissionais de saúde, especialmente em áreas rurais
  • O envelhecimento da geração baby-boomer adicionará uma carga adicional ao sistema de saúde
  • Potencial de ganho fornece estabilidade
  • 14 das 20 profissões com crescimento mais rápido estão na área da saúde 
Os cuidados de saúde estão sempre mudando especialmente em áreas rurais (no país). As pessoas estão vivendo mais, as pessoas estão vivendo vidas mais produtivas e os avanços na tecnologia (aplicação do conhecimento científico por meio de máquinas e equipamentos)

Corrigindo Equívocos sobre  Melhores profissões na área da saúde

Existem mais profissões do que apenas médicos e enfermeiras.
  • Não precisa passar a vida inteira na escola.
  • Não precisa ser o garoto mais inteligente da classe para ter sucesso na área de saúde.
  • Nem todas as profissões têm contato com pacientes.
  • Nem todas as profissões têm que lidar com as partes “brutas” dos cuidados de saúde.
  • Os meninos PODEM ser enfermeiros; As meninas PODEM ser médicas.

  
PARA ONDE SEU FUTURO ESTÁ LEVANDO VOCÊ?

Vamos dar uma olhada nas muitas profissões da área de saúde….

Concentre-se principalmente na mudança do estado de saúde do paciente ao longo do tempo
Trabalhe diretamente com os pacientes
Fornecer informações sobre cuidados, tratamento, aconselhamento e educação em saúde
 

Melhores profissões na área da saúde - Exemplos de Profissões 


  • Médico Alopata
  • Anestesiologista Asst.
  • Terapeuta 
  • Dentista
  • Nutricionista
  • Auxiliar de Saúde Domiciliar
  • Massoterapeuta
  • Terapeuta Ocupacional / OT Asst.
  • Médico oftálmico
  • Ortodontista
  • Farmacêutico / Técnico em Farmácia
  • Fisioterapeuta
  • Psicólogo
  • Terapeuta de recreação
  • Terapeuta de reabilitação
  • Assistente social
  • Fonoaudiólogo
  • Cirúrgião

Melhores profissões na área da saúde de serviço diagnóstico

Crie uma imagem do estado de saúde do cliente em um único momento
Use testes e avaliações que auxiliem na detecção, diagnóstico e tratamento de doenças, lesões ou outras condições físicas.
 

Profissões em serviços de diagnóstico 
  • Técnico de Laboratório Clínico
  • Tecnico em CT
  • Sonografistas de diagnóstico médico
  • Fisiologista do exercício
  • Geneticista
  • Histotécnico
  • Histotecnologista
  • Tecnólogo de ressonância magnética
  • Mamógrafo
  • Tecnólogo Médico / Cientista de Laboratório Clínico
  • Tecnólogo em Medicina Nuclear
  • Patologista
  • Assistente de patologia
  • Tecnico em Radiologia / Radiologista
  • Tecnólogo de Banco de Sangue
  • Tecnólogo Cardiovascular ECG


Gerenciamento DE SAÚDE 

Ocupar muitos níveis diferentes de empregos relacionados aos cuidados de saúde. Inclui administradores de saúde que gerenciam: Dados e informações do paciente, Informação financeira
Aplicativos de computador relacionados a processos e procedimentos de saúde.

Profissões em Informática em Saúde 


Analista de informações
Codificador de Informática em Saúde
Serviços de Informação de Saúde
Tecnólogo em Informação Médica
Serviços Financeiros para Pacientes
Educador de Saúde Pública
Especialista em Reembolsos
Gerenciamento de riscos
Assistente social
Transcritor
Coordenador de Unidade
Gerente de Utilização
 

Melhores profissões na área da saúde áreas relacionadas e especializadas


Fornece um ambiente terapêutico para a prestação de cuidados de saúde
Uma gama completa de oportunidades de carreira, desde o nível de entrada à gestão, incluindo carreiras técnicas e profissionais
As áreas incluem abastecimento central, manutenção de instalações, serviço de alimentação e outros
 

Profissões em serviços de suporte 
  • Engenheiro Biomédico / Clínico
  • Técnico Biomédico / Clínico
  • Biosegurança e Saúde Ambiental
  • Serviço de alimentação
  • Engenheiro de Manutenção Hospitalar
  • Higienista Industrial
  • Gerenciamento de materiais
  • Técnico de transporte

Melhores profissões na área da saúde e Biotecnologia


Estude doenças para descobrir novos tratamentos ou inventar dispositivos médicos usados ​​para ajudar diretamente os pacientes ou para melhorar a precisão dos testes de diagnóstico
Utilizar os avanços científicos e tecnológicos para aprimorar as habilidades diagnósticas e terapêuticas nos cuidados de saúde
 
Melhores Profissões em Pesquisa e Desenvolvimento em Biotecnologia 
  • Bioquímico
  • Bioinformatica
  • Bioestatístico
  • Biólogo Celular
  • Associado de pesquisa de ensaios clínicos
  • Coordenador de pesquisa de ensaios clínicos
  • Geneticista
  • Assistente de Laboratório - Genética
  • Microbiologista
  • Biólogo Molecular
  • Cientista Farmacêutico
  • Técnico de garantia de qualidade
  • Técnico de Controle de Qualidade
  • Especialista em Assuntos Regulatórios
  • Assistente de pesquisa
  • Pesquisador Associado
  • Pesquisa científica
  • Toxicologista
Tomando a decisão ... 
O que eu quero ser quando crescer? 

Dinheiro e salário não devem ser os fatores mais importantes na escolha de uma carreira ...  
Você tem que ter paixão pelo seu trabalho e ser capaz de acordar todos os dias animado para ir trabalhar! 

Não baseie sua decisão nas aulas que terá de fazer na faculdade ... com certeza algumas serão difíceis ... mas você estará bem preparado para fazer seu trabalho!

Cursos Técnicos

  • Cursos Técnicos
  • Educação Profissional e Continuada
  • Cursos online
  • Motorista de ambulância
  • Assistente de enfermagem certificado
  • Assistente de dentista
  • Técnico de laboratório dentário
  • Auxiliar de Saúde Domiciliar
  • Escriturário de registros médicos
  • Assistente de Optometria
  • Assistente Farmacêutico
  • Técnico de Laboratório Clínico
  • Radiografia
  • Ultrassonografista
  • Assistente de Terapia Ocupacional
  • Raio-X



Bacharelado mínimo 

  • Nutricionista
  • Assistente social 
  • Médico
  • Nutricionista
  • Biólogo
  • Dentista
  • Enfermeiro
  • Fonoaudiólogo
  • Outros

As características do trabalho nas Melhores profissões na área da saúde

  • Tecnologia
  • Múltiplas interfaces organizacionais e de agência
  • Divisão complexa de trabalho
  • Intervenção estatal
  • Conexões e inter-relações
  • Trabalho e trabalhadores
  • Trabalho é organizado em um determinado contexto histórico / social.
  • Trabalho como atividade social 
  • Trabalho tem significado social
  • Identidade individual e coletiva
  • A profissão médica é ponto de referência fundamental para todos os outros grupos
  • Todos os outros trabalhadores são profissões paramédicas
  • habilidade baseada em conhecimento teórico
  • um extenso período de educação
  • serviço público e altruísmo
  • um código de ética
  • autorregulação profissional
  • teste de competência dos membros para admissão às profissões

Desafios das Melhores profissões na área da saúde


As profissões médicas / de saúde crescerão (uma ampla variedade de carreiras que requerem educação, funções e conhecimentos específicos). As demandas de cuidados de saúde domiciliares irão aumentar (uma área em rápida expansão na prestação de cuidados de saúde fora de um hospital, clínica ou escritório; geralmente em casa)
Os programas de treinamento estão crescendo. Conforme a demanda cresce, o treinamento está se tornando mais curto e menos caro 
A tecnologia permitirá um atendimento mais eficiente e econômico e abriu muitos novos campos
Você precisará de conhecimentos de informática (a capacidade de usar bem o computador em todas as carreiras médicas ou de saúde)
Você precisará educar os pacientes
A educação é uma OBRIGAÇÃO !!!!!!!

Por que escolher uma das Melhores profissões na área da saúde?

Uma carreira na área de saúde ou medicina oferece muitas opções para todos os tipos de personalidades, mas a maioria exige trabalho em equipe. Provedores de saúde estão em grande demanda. O aumento da demanda se deve ao fato de as pessoas viverem mais tempo. A escassez vai continuar e crescer, principalmente no meio rural

Quanto mais habilidades (polivalentes) você tiver, maiores serão suas oportunidades e seu salário (treinado em mais de uma área. Exemplo: uma enfermeira que também é treinada para fazer imagens)
Serão necessários conhecimentos de informática para um atendimento melhor e mais econômico
Mais serviços serão prestados em casa, onde você trabalhará de forma independente ... e precisa de habilidades para resolução de problemas e tomada de decisão, além das habilidades necessárias para realizar seu trabalho
Melhores profissões na área da saúde


7 etapas para uma carreira de sucesso nas Melhores profissões na área da saúde

  • Descubra o que os profissionais de saúde fazem
  • Comece a construir seu currículo agora
  • Não deixe o dinheiro te impedir
  • Acredite em si mesmo
  • Descubra se uma carreira na área de saúde é a certa para você
  • Saiba mais sobre oportunidades de carreira em saúde
  • Encontre uma carreira que se encaixe em seus planos educacionais
Tecnologia 
  • Os profissionais de saúde precisam de novos conjuntos de habilidades para utilizar:
  • Telemedicina
  • Prontuário Médico Eletrônico
  • Tecnologia Digital em Imagem
  • Automação de Diagnóstico Laboratorial
  • Sistemas de gestão de farmácias
  • A adoção dos aplicativos anteriores pode resolver algumas desvantagens geográficas, bem como melhorar a qualidade e os custos relacionados à prestação de serviços de saúde
Não se preocupe com quais profissões mais bem pagas ou que profissão ganha mais dinheiro.
Todas profissões do mundo são boas se você for um bom profissional.

Exercícios de Geografia - Ensino Médio - Cartografia

Exercícios de Geografia - Ensino Médio - Cartografia

1. Sobre a Cartografia assinale a afirmação correta

a) Cartografia é a ciência da produção e estudo de mapas, 

b) Cartografia é a ciência da elaboração das cartas comerciais, 

c) Cartografia é a ciência da produção e estudo de relatórios de viagens, 

d) Cartografia é a ciência da produção textual 


2. A cartografia utiliza-se de estudos e operações que têm como base os resultados de observação. Não se enquadra nesses estudos

a) científicas, 

b) artísticas 

c) técnicas, 

d) literárias


3. Na cartografia os sistemas de projeções cartográficas foram desenvolvidos para:

a) dar uma solução ao problema da transferência de uma imagem da superfície curva da esfera terrestre para um plano da carta, o que sempre vai acarretar deformações.

b) dar uma solução ao problema das fotografias imprecisas dos séculos XVIII e XIX

c) dar uma solução ao problema das imagens transmitidas via satélite

d) dar uma solução ao problema da transferência de uma imagem da superfície curva da esfera terrestre para um plano da carta, acabando definitivamente com as deformações.


4. Considerando a cartografia os tipos de propriedades geométricas que caracterizam as projeções cartográficas, em suas relações entre a esfera (Terra) e um plano (mapa), são:

a) Conformes – os ângulos são mantidos idênticos (na esfera e no plano) e as áreas são deformadas.

b) Equivalentes – as áreas apresentam-se idênticas e os ângulos deformados.

c) Afiláticas – as áreas e os ângulos apresentam-se deformados 

d) Convexas - as áreas apresentam-se em um mesmo ponto


5. Curva  de  Nível É o método utilizado para representar o relevo terrestre, que permite ao usuário, ter um valor aproximado da altitude em qualquer parte do mapa, são características, EXCESSO: 

A) As curvas de nível tendem a ser quase que paralelas entre si.

b) Todos os pontos de uma curva de nível se encontram na mesma elevação.

c) Cada curva de nível fecha-se sempre sobre si mesma.

d)  As curvas de nível sempre se cruzam

6. Na cartografia as projeções azimutais (planas ou polares) é INCORRETA afirmar que:

a) são executadas a partir de um plano tangente sobre a esfera terrestre; o ponto de tangência se torna o centro dessa representação cartográfica.

b) as áreas próximas a esse ponto de tangência apresentam pequenas deformações; entretanto, as mais distantes são muito distorcidas.

c) são denominadas assim porque são feitas pelo envolvimento da esfera terrestre por um cilindro tangente à elas.

d)  As projeções azimutais são as mais usadas geopoliticamente, pois podem realçar o "status" de um país em relação aos demais da Terra.

 

 7. A projeção de Mercator 

a) Foi criada no século XVI, quando se iniciou o processo de expansão mercantil européia sobre o mundo.

b) Foi criada no século XIX, quando se iniciou o processo de revolução industrial

c) Foi criada no século XX, quando se iniciou o processo globalização

d) Foi criada no século XXI, quando se iniciou a economia de mercado

8. Considerando a influência Mercator na Cartografia assinale a alternativa ERRADA

a) Os meridianos são representados por linhas retas, os paralelos e o equador são representados por um segundo sistema de linhas retas, perpendicular à família de linhas que representam os meridianos.

b) É possível identificar os pontos cardeais numa Carta de Mercator.

c) Complexidade de marcação das coordenadas de qualquer ponto representado numa Carta de Mercator, dificultando a construção da carta

d) Existência de tábuas para o traçado do reticulado.

9. Sobre o Desenvolvimento tecnológico na cartografia qual dos recursos tecnológicos não é fundamental na cartografia e no gerenciamento de informações: 

a) GPS

b) Aerofotogrametria (Fotografia aérea)

c) Imagens de satélites

d) Fax


 10. Sistema de Posicionamento Global, que utiliza sinais emitidos por satélites, cujas aplicações são amplamente utilizadas nos transportes marítimos, terrestres e aéreos é o:

a) Radar

b) GPS

d) Sonar

d) GTA

Exercícios de Geografia - Ensino Médio - Cartografia


Gabarito dos exercícios de geografia sobre cartografia


A

D

A

D

D

C

A

C

D

B


20 Questões de Língua Portuguesa de Ensino Médio, com gabarito

20 Questões de Língua Portuguesa de Ensino Médio, com gabarito

LÍNGUA PORTUGUESA.
Leia o poema para responder às próximas quatro questões.


Soneto de separação. (Vinícius de Moraes).


De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.
De repente, não mais que de repente,
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho, o que se fez contente.
Fez-se do amigo próximo, o distante,
Fez-se da vida, uma aventura errante,
De repente, não mais que de repente.


01. De acordo com o poema, assinale a alternativa incorreta.
a) O eu lírico, afirma no poema, que o antes, com a pessoa amada, tudo era alegria, felicidade; depois da separação, tudo virou tristeza, ele ficou sozinho, sem Norte.
b) Na primeira estrofe, os dois primeiros versos (grifados), indicam a figura de linguagem comparação.
c) No poema, o eu lírico afirma, que todo relacionamento amoroso, um dia acaba, diz que ninguém que ama, é feliz.
d) O poema, como o próprio título indica, descreve uma separação e as consequências que ela proporcionou.
e) Na segunda estrofe (1º e 2º versos grifados) e na última (2º verso) aparece a figura de linguagem denominada metáfora.


02. Quanto a encontros vocálicos, as palavras do poema (silencioso, paixão, mais) são:
a) Hiato / hiato / hiato.
b) Ditongo / ditongo / ditongo.
c) Hiato / ditongo / ditongo.
d) Hiato / ditongo / hiato.
e) Ditongo / hiato / hiato.


03. As palavras do texto (de repente, mãos, silencioso, não, e) sequencialmente são:
a) Advérbio / substantivo /adjetivo / advérbio / conjunção.
b) Substantivo / substantivo / adjetivo / advérbio / conjunção.
c) Advérbio / substantivo / adjetivo / advérbio / preposição.
d) Adjetivo / substantivo / adjetivo / advérbio / conjunção.
e) Advérbio / substantivo / substantivo / advérbio / conjunção.


04. Na primeira estrofe, o terceiro verso (E das bocas unidas fez-se a espuma), temos uma oração
coordenada:
a) Assindética.
b) Sindética aditiva.
c) Sindética adversativa.
d) Sindética conclusiva.
e) Sindética explicativa.


05. Quanto à colocação dos pronomes átonos, assinale (C) correto ou (I) incorreto e marque a alternativa
devida.
( ) Quando o verbo abrir o período, a posição do pronome átono é depois do verbo (ênclise).
( ) Nunca se pospõe pronome átono às formas do futuro do presente, nem às do futuro do pretérito.
( ) Quando o sujeito ,substantivo ou pronome, (que não seja de significação negativa), vier imediatamente
antes do verbo, assim nas orações afirmativas como nas interrogativas, usamos a ênclise.
( ) Usamos a ênclise nas orações coordenadas sindéticas.
( ) É obrigatória a ênclise nas orações negativas, desde que não haja pausa entre o verbo e as palavras de negação.
( ) É obrigatória a próclise nas orações exclamativas, começadas por palavras exclamativas, bem como
nas orações optativas.
( ) Usa-se a ênclise nas orações subordinadas
a) C – C – C – C – I – C – I.
b) I – C – C – C – C – I – C.
c) C – C – I – C – I – C – C.
d) C – I – C – C – C – C – C.
e) C – C – C – C – C – C – C.


06. Eu me avisei, mas não me ouvi.   (Fonte: https://br.pinterest.com/pin/291397038390747552/)

Referindo-se a período composto, leia o texto e assinale a alternativa correta.
a) Uma oração coordenada assindética e outra, coordenada sindética aditiva.
b) Duas orações coordenadas assindéticas.
c) Uma oração coordenada assindética e outra, coordenada sindética adversativa.
d) Uma oração coordenada assindética e outra, coordenada sindética explicativa.
e) Uma oração coordenada assindética e outra, coordenada sindética conclusiva.


07. Em se tratando de regência verbal, assinale a alternativa incorreta.
a) Os reis abdicam e fogem disfarçados.
b) Abracei-o, dizendo que eu era quem devia pedir perdão.
c) O papa atendeu-os.
d) Eu não abdico da minha autoridade.
e) O confeiteiro veio ajudar-lhe.


08. Assinale a alternativa, onde a preposição com tem valor de oposição.
a) “Temos guerra com a Espanha, senhor.”
b) “Eu quero andar com os ventos.”
c) “E um dia inteiro ao sol paciente esteve com o destro bico a arquitetar o ninho.”
d) “Fora rico e empobrecera com as secas.”
e) Estou bem com Margarete.


09. Assinale a alternativa, onde temos um predicado verbo-nominal.
a) Mariana é inteligente.
b) O ônibus chegou atrasado.
c) Meu avô faleceu.
d) Todos fugiram.
e) Dei uma esmola ao mendigo.


10. Marque a alternativa, onde todos os substantivos são masculinos.
a) Cal / alface.
b) Champanha / diabete.
c) Omoplata / sabiá.
d) Sentinela / ágape.
e) Sucuri / lança-perfume.


11. Sobre discurso direto, indireto e indireto livre, marque a alternativa incorreta.
a) O sacerdote, com o coração a sangrar, disse: “Positivamente, este país não é amigo de Deus.” (Discursodireto).
b) O delegado estava indeciso. A quem interessará o crime? (Discurso indireto).
c) O professor afirmou que aquele que não saiba obedecer, não devia mandar. (Discurso indireto).
d) Indagou o médico: “Qual será a verdadeira idade do doente?” (Discurso direto).
e) O médico recusou pagamento, acrescentando: “É cristão levar a saúde à casa dos pobres.” (Discurso direto).

12. Quanto aos termos acessórios da oração, assinale a alternativa incorreta.
a) O adjunto adnominal é expresso por adjetivo, locução adjetiva, artigo (definido, ou indefinido), pronome adjetivo, ou numeral adjetivo.
b) Aposto: um substantivo (ou pronome) pode-se fazer acompanhar imediatamente de outro termo de caráter nominal, a título de individualização, ou esclarecimento.
c) São exemplos de vocativo: “Eu, Brás Cubas, escrevi este romance com a pena da galhofa e a tinta da
melancolia”; “Durante sete anos, Jacó serviu Labão, pai de Raquel”.
d) Adjunto adverbial é o termo que acompanha o verbo, exprimindo as particularidades que cercam, ou precisam o fato por este indicado.
e) Vocativo é um termo de natureza exclamativa, empregado quando chamamos por alguém, ou dirigimos a fala a pessoa, ou ente personificado.


13. Assinale a alternativa, onde todas as palavras são acentuadas pela mesma razão.
a) Excêntrico / glória / pôneis.
b) Fôlego / méis / avô.
c) Gênio / lúcido / pá.
d) Saúde / juízes / Piauí.
e) Pó / tórax / herói.


14. Assinale a alternativa, onde temos apenas substantivos abstratos.
a) Mulher, Margarete, computador.
b) Beleza, tristeza, juventude.
c) Alma, anjo, saci.
d) Bruxa, abraço, homem.
e) Cansaço, beijo, João.


15. Relacione as colunas sobre figuras de linguagem e marque a alternativa verdadeira.
Coluna I.
A- Catacrese.
B- Perífrase.
C- Antítese.
D- Paradoxo.
E- Prosopopeia.
F- Onomatopeia.
G- Anáfora.
Coluna II.
(1) “O mar passa saborosamente a língua na areia.”
(2) “Tristeza não tem fim / Felicidade sim...”
(3) “Sem o coaxar dos sapos ou o cri-cri dos grilos / como é que poderíamos dormir tranquilos?”
(4) “O Príncipe dos Poetas teve também outras atividades que o tornaram famoso.”
(5) “Pra se viver do amor / há que esquecer o amor.”
(6) “Na solidão solitude, / Na solidão entrei, / Na solidão perdi-me, / Nunca me alegrarei.”
(7) Não me lembro do seu nome, mas ainda me lembro das maçãs avermelhadas de seu rosto.
a) A (1) – B (3) – C (5) – D (2) – E (4) – F (6) – G (7).
b) A (6) – B (3) – C (1) – D (5) – E (2) – F (7) – G (4).
c) A (7) – B (4) – C (2) – D (5) – E (1) – F (3) – G (6).
d) A (7) – B (4) – C (5) – D (2) – E (1) – F (3) – G (6).
e) A (2) – B (4) – C (6) – D (7) – E (5) – F (3) – G (1).


16. Em adjetivos pátrios, coloque (C) correto ou (I) incorreto e marque a alternativa verdadeira.
( ) São denominados pátrios os adjetivos que indicam locais de origem, como continentes, países,
estados, cidades, etc.
( ) Em sua grande maioria, os adjetivos pátrios, são derivados do nome do local com o acréscimo dos
prefixos: -ês, -ense e -ano.
( ) O adjetivo pátrio de Florianópolis é florianopolitano.
( ) O adjetivo pátrio de Assunção é assuncionenho.
( ) O adjetivo pátrio de Havana é havanês.
( ) O adjetivo pátrio da Patagônia é patagonense.
a) C – I – C – C – C – I.
b) C – I – C – C – C – C.
c) C – C – C – C – C – I.
d) C – C – C – C – I – C.
e) C – C – C – C – C – C.


17. Para a formação do plural dos substantivos, coloque (C) correto ou (I) incorreto e marque a alternativa verdadeira.
( ) Plural dos substantivos simples: (regra geral), acrescenta-se –s ao singular dos substantivos
terminados em vogal e dos substantivos terminados em ditongo oral e ditongo nasal –ãe.
( ) Plural dos substantivos terminados em –r e –z: acréscimo de –es.
( ) Plural dos substantivos terminados em –m: substituição do –m por –ns.
( ) Plural dos substantivos terminados em –n: acréscimo de s ou de –es (conforme o caso).
( ) Plural dos substantivos terminados em –al, -el, -ol e ul: substituição do –l por –is.
( ) Plural dos substantivos terminados em –il (oxítonos,substituição do –l por s), (paroxítonos, substituição do –il por -eis).
a) V – V – V – V – V – F.
b) V – F – V – V – F – V.
c) V – V – F – F – V – V.
d) F – V – V – V – V – F.
e) V – V – V – V – V – V.


18. Quanto ao sujeito, coloque (C) correto ou (I) incorreto e assinale a alternativa devida.
( ) Posições do sujeito na oração: antes, depois, ou no meio do predicado.
( ) Núcleo do sujeito: palavra principal, de maior importância significativa dentro do sujeito.
( ) Sujeito inexistente: não é possível (ou não se deseja) identificar o termo que o representa. O verbo
aparece na 3ª pessoa do plural sem referências anteriores, verbo na 3ª pessoa do singular, seguido do
pronome se.
( ) Sujeito indeterminado: a declaração do predicado não faz referência a um sujeito. Verbos impessoais
que expressam fenômenos da natureza. Verbos haver (indicando existir e tempo decorrido), fazer, estar e ser (indicando fenômenos naturais ou tempo).
( ) Sujeito simples: possui apenas um núcleo.
( ) Sujeito composto: possui dois ou mais núcleos.
( ) Sujeito elíptico (implícito, ou oculto): é identificado pela desinência verbal.
a) C – C – C – C – C – C – I.
b) I – C – C – C – I – C – C.
c) C – I – C – C – C – I – C.
d) C – C – I – I – C – C – C.
e) C – C – C – C – C – C – C.


19. Leia as características e marque a alternativa devida.
“Ênfase no lado mais animalesco do homem: a fome, o instinto, a parte não civilizados, a sexualidade, a
zoomorfização das personagens. Determinismo: o indivíduo não é mais sujeito, mas um figurante da
história, resultado das influências do meio. O homem é entendido como produto das leis naturais. As obras deste período trazem à tona tópicos como as taras sexuais, os vícios, as doenças, o incesto, o adultério.
Preferência por temas cotidianos, priorizando as relações e vivências das classes inferiores.”
a) Arcadismo.
b) Modernismo.
c) Romantismo.
d) Simbolismo.
e) Naturalismo.


20. Em se tratando de período literário, leia os comentários e assinale a alternativa correta.
Nasceu em decorrência da crise do Renascimento, ocasionada, principalmente, pelas fortes divergências
religiosas e imposições do catolicismo e pelas dificuldades econômicas, decorrentes do declínio do
comércio com o Oriente. Todo o rebuscamento presente na arte e literatura é reflexo dos conflitos dualistas entre o terreno e o celestial, o homem (antropocentrismo) e Deus (teocentrismo), o pecado e o perdão, a religiosidade medieval e o paganismo presente no período renascentista.
A ideologia é fornecida pela Contrarreforma. Em nenhuma outra época se produziu tamanha quantidade de igrejas, capelas, estátuas de santos e monumentos sepulcrais. As obras de arte deviam falar aos fiéis com a maior eficácia possível, mas em momento algum descer até eles. A arte tinha que convencer, conquistar e impor admiração.
O Renascimento definiu-se pela valorização do profano, pondo em voga o gosto pelas satisfações
mundanas. Os intelectuais deste período, no entanto, não alcançam tranquilidade agindo de acordo com
essa filosofia. A influência da Contrarreforma fez com que houvesse oposição entre os ideais de vida eterna em contraposição com a vida terrena e do espírito em contraposição à carne. Na visão, não há possibilidade de conciliar essas antíteses: ou se vive a vida sensualmente, ou se foge dos gozos humanos e se alcança a eternidade. A tensão de elementos contrários causa no artista uma profunda angústia: após arrojar-se nos prazeres mais radicais, ele se sente culpado e busca o perdão divino. Assim, ora ajoelha-se diante de Deus, ora celebra as delícias da vida.
O homem assume consciência integral no que se refere à fugacidade da vida humana (efemeridade): o
tempo, veloz e avassalador, tudo destrói em sua passagem. Por outro lado, diante das coisas transitórias 
(instabilidade), surge a contradição: vivê-las, antes que terminem, ou renunciar ao passageiro e entregar-se à eternidade?
O estilo apresenta forma conturbada, decorrente da tensão causada pela oposição entre os princípios
renascentistas e a ética cristã. Daí a frequente utilização de antíteses, paradoxos e inversões, estabelecendo uma forma contraditória, dilemática. Além disso, a utilização de interrogações revela as incertezas do homem, frente ao seu período, a inversão de frases, a sua tentativa na conciliação dos elementos opostos.
a) Barroco.
b) Arcadismo.
c) Realismo.
d) Simbolismo.
e) Modernismo.

Gabarito das Questões de Língua Portuguesa para Ensino Médio

Todas as questões de Língua Portuguesa selecionadas nesta postagem são do concurso para Cargo: Agente Administrativo Ano: 2021 Órgão: Câmara de Três Rios/RJ Instituição: MSCONCURSOS Nível: Médio

Pesquisas relacionadas: língua portuguesa no enem, língua e linguagem 6 ano, sobre a língua portuguesa, exercícios de língua portuguesa, questões de língua portuguesa com memes, língua portuguesa 8 ano exercícios, questões do enem língua portuguesa, questoes de portugues nivel medio, exercícios língua portuguesa

100 Perguntas e Respostas para se tornar um Cidadão Americano (Naturalização)

 100 Perguntas e Respostas para se tornar um Cidadão Americano (Naturalização)

O Site USCIS  do divulgou 100 Perguntas e Respostas mais comuns para o teste de civismo

De acordo com o USCIS Se você tem 65 anos ou mais e é residente permanente legal dos Estados Unidos há 20 ou mais anos, você pode estudar apenas as perguntas que foram marcadas com um asterisco.

Perguntas cívicas (história e governo) para o teste de naturalização
As 100 perguntas e respostas cívicas (história e governo) para o teste de naturalização estão listadas abaixo. O teste de civismo é um teste oral e o oficial do USCIS fará ao candidato até 10 das 100 questões cívicas. Um candidato deve responder 6 de 10 questões corretamente para passar na parte cívica do teste de naturalização.


No teste de naturalização, algumas respostas podem mudar por causa de eleições ou nomeações. Enquanto você estuda para o teste, certifique-se de saber as respostas mais atualizadas a essas perguntas. Responda a essas perguntas com o nome do funcionário quem está servindo no momento de sua entrevista de elegibilidade com o USCIS. O oficial USCIS não aceitará um incorreto
responder.


Embora o USCIS esteja ciente de que pode haver respostas corretas adicionais para as 100 questões cívicas, os candidatos estão encorajados a responder às questões cívicas usando as respostas fornecidas abaixo.

Obs.: Não há garantia de que essas serão as perguntas realizadas consulte o órgão oficial do Governo Americano. 

Veja as perguntas em inglês aqui

100 Perguntas e Respostas para se tornar um Cidadão Americano (Naturalização)


GOVERNO AMERICANO


R: Princípios da Democracia Americana
1. Qual é a lei suprema do país?
▪ a Constituição
2. O que a Constituição faz?
▪ estabelece o governo
▪ define o governo
▪ protege os direitos básicos dos americanos
3. A ideia de autogoverno está nas três primeiras palavras da Constituição. Quais são essas palavras?
▪ Nós, o povo
4. O que é uma emenda?
▪ uma mudança (à Constituição)
▪ um acréscimo (à Constituição)
5. Como chamamos as primeiras dez emendas à Constituição?
▪ a Declaração de Direitos
6. O que é um direito ou liberdade da Primeira Emenda? *
▪ discurso
▪ religião
▪ montagem
▪ pressione
▪ petição ao governo
7. Quantas emendas tem a Constituição?
▪ vinte e sete (27)

8. O que a Declaração de Independência fez?
▪ anunciou nossa independência (da Grã-Bretanha)
▪ declarou nossa independência (da Grã-Bretanha)
▪ disse que os Estados Unidos são livres (da Grã-Bretanha)
9. Quais são os dois direitos da Declaração de Independência?
▪ vida
▪ liberdade
▪ busca da felicidade
10. O que é liberdade religiosa?
▪ Você pode praticar qualquer religião ou não praticar uma religião.
11. Qual é o sistema econômico nos Estados Unidos? *
▪ economia capitalista
▪ economia de mercado
12. O que é o “estado de direito”?
▪ Todos devem seguir a lei.
▪ Os líderes devem obedecer à lei.
▪ O governo deve obedecer à lei.
▪ Ninguém está acima da lei.
B: Sistema de Governo
13. Cite um ramo ou parte do governo. *
▪ Congresso
▪ legislativo
▪ Presidente
▪ executivo
▪ os tribunais
▪ judicial
14. O que impede um ramo do governo de se tornar muito poderoso?
▪ verificações e saldos
▪ separação de poderes
15. Quem é o responsável pelo Poder Executivo?
▪ o presidente
16. Quem faz as leis federais?
▪ Congresso
▪ Senado e Câmara (dos Representantes)
▪ Legislatura (dos EUA ou nacional)
17. Quais são as duas partes do Congresso dos EUA? *
▪ o Senado e a Câmara (dos Representantes)
18. Quantos senadores americanos existem?
▪ cem (100)

19. Elegemos um senador dos Estados Unidos por quantos anos?
▪ seis (6)
20. Quem é um dos senadores dos EUA no seu estado agora? *
▪ As respostas podem variar. [Residentes do distrito de Columbia e residentes em territórios dos EUA devem responder a esse DC
(ou o território onde o requerente vive) não tem senadores dos EUA.]
21. A Câmara dos Representantes tem quantos membros votantes?
▪ quatrocentos e trinta e cinco (435)
22. Elegemos um representante dos EUA por quantos anos?
▪ dois (2)
23. Nomeie seu Representante nos EUA.
▪ As respostas podem variar. [Residentes de territórios com Delegados não votantes ou Comissários Residentes podem
fornecer o nome desse Delegado ou Comissário. Também é aceitável qualquer declaração de que o território tem
não (votantes) Representantes no Congresso.]
24. Quem um senador dos EUA representa?
▪ todas as pessoas do estado
25. Por que alguns estados têm mais representantes do que outros?
▪ (por causa) da população do estado
▪ (porque) eles têm mais pessoas
▪ (porque) alguns estados têm mais pessoas
26. Elegemos um presidente por quantos anos?
▪ quatro (4)
27. Em que mês votamos para presidente? *
▪ novembro
28. Qual é o nome do Presidente dos Estados Unidos agora? *
▪ Visite uscis.gov/citizenship/testupdates para obter o nome do Presidente dos Estados Unidos.
29. Qual é o nome do vice-presidente dos Estados Unidos agora?
▪ Visite uscis.gov/citizenship/testupdates para obter o nome do Vice-Presidente dos Estados Unidos.
30. Se o presidente não pode mais servir, quem se torna presidente?
▪ o vice-presidente
31. Se o presidente e o vice-presidente não podem mais servir, quem se torna o presidente?
▪ o Presidente da Câmara
32. Quem é o Comandante em Chefe das Forças Armadas?
▪ o presidente
33. Quem assina projetos de lei para se tornarem leis?
▪ o presidente
34. Quem veta projetos de lei?
▪ o presidente
35. O que o Gabinete do Presidente faz?
▪ aconselha o presidente

36. Quais são os dois cargos de nível de gabinete?
▪ Secretário de Agricultura
▪ Secretário de Comércio
▪ Secretário de Defesa
▪ Secretaria de Educação
▪ Secretário de Energia
▪ Secretário de Saúde e Serviços Humanos
▪ Secretário de Segurança Interna
▪ Secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano
▪ Secretário do Interior
▪ Secretário do Trabalho
▪ Secretário de Estado
▪ Secretário de Transporte
▪ Secretário da Fazenda
▪ Secretário de Assuntos de Veteranos
▪ Procurador-Geral
▪ Vice-presidente
37. O que o Poder Judiciário faz?
▪ analisa as leis
▪ explica as leis
▪ resolve disputas (desacordos)
▪ decide se uma lei vai contra a Constituição
38. Qual é a mais alta corte dos Estados Unidos?
▪ o Supremo Tribunal
39. Quantos juízes há na Suprema Corte?
▪ Visite uscis.gov/citizenship/testupdates para ver o número de juízes no Supremo Tribunal.
40. Quem é o Chefe de Justiça dos Estados Unidos agora?
▪ Visite uscis.gov/citizenship/testupdates para obter o nome do Chefe de Justiça dos Estados Unidos.
41. De acordo com nossa Constituição, alguns poderes pertencem ao governo federal. Qual é um poder do federal
governo?
▪ imprimir dinheiro
▪ declarar guerra
▪ para criar um exército
▪ fazer tratados
42. De acordo com nossa Constituição, alguns poderes pertencem aos estados. Qual é um poder dos estados?
▪ fornecer escolaridade e educação
▪ fornecer proteção (polícia)
▪ fornecer segurança (corpo de bombeiros)
▪ dar carteira de motorista
▪ aprovar zoneamento e uso do solo

43. Quem é o governador do seu estado agora?
▪ As respostas podem variar. [Os residentes do distrito de Columbia devem responder que DC não tem um governador.]
44. Qual é a capital do seu estado? *
▪ As respostas podem variar. [Os residentes do distrito de Columbia devem responder que DC não é um estado e não tem um
capital. Os residentes dos territórios dos EUA devem citar a capital do território.]
45. Quais são os dois principais partidos políticos dos Estados Unidos? *
▪ Democrata e Republicano
46. ​​Qual é o partido político do presidente agora?
▪ Visite uscis.gov/citizenship/testupdates para o partido político do Presidente.
47. Qual é o nome do Presidente da Câmara dos Representantes agora?
▪ Visite uscis.gov/citizenship/testupdates para obter o nome do Presidente da Câmara dos Representantes.
C: Direitos e responsabilidades
48. Existem quatro emendas à Constituição sobre quem pode votar. Descreva um deles.
▪ Cidadãos com dezoito (18) anos ou mais (podem votar).
▪ Você não precisa pagar (um poll tax) para votar.
▪ Qualquer cidadão pode votar. (Mulheres e homens podem votar.)
▪ Cidadão do sexo masculino, de qualquer raça (pode votar).
49. Qual é uma responsabilidade que é apenas para os cidadãos dos Estados Unidos? *
▪ servir em um júri
▪ votar em uma eleição federal
50. Cite um direito apenas para cidadãos dos Estados Unidos.
▪ votar em uma eleição federal
▪ concorrer a um cargo federal
51. Quais são os dois direitos de todos que vivem nos Estados Unidos?
▪ liberdade de expressão
▪ liberdade de expressão
▪ liberdade de reunião
▪ liberdade de petição ao governo
▪ liberdade religiosa
▪ o direito de portar armas
52. A que mostramos lealdade quando dizemos o Juramento de Fidelidade?
▪ os Estados Unidos
▪ a bandeira
53. Qual é a promessa que você faz quando se torna cidadão dos Estados Unidos?
▪ desistir da lealdade a outros países
▪ defender a Constituição e as leis dos Estados Unidos
▪ obedecer às leis dos Estados Unidos
▪ servir nas forças armadas dos EUA (se necessário)
▪ servir (fazer um trabalho importante para) a nação (se necessário)
▪ ser leal aos Estados Unidos

54. Quantos anos os cidadãos devem ter para votar para presidente? *
▪ dezoito (18) e mais velhos
55. Quais são as duas maneiras pelas quais os americanos podem participar de sua democracia?
▪ voto
▪ aderir a um partido político
▪ ajuda com uma campanha
▪ aderir a um grupo cívico
▪ aderir a um grupo comunitário
▪ dar a um funcionário eleito sua opinião sobre uma questão
▪ ligar para senadores e representantes
▪ apoiar publicamente ou se opor a um problema ou política
▪ concorrer ao cargo
▪ escrever para um jornal
56. Quando é o último dia em que você pode enviar os formulários de imposto de renda federal? *
▪ 15 de abril
57. Quando todos os homens devem se registrar no Serviço Seletivo?
▪ aos dezoito (18) anos
▪ entre dezoito (18) e vinte e seis (26)
HISTÓRIA AMERICANA
R: Período Colonial e Independência
58. Qual é uma das razões pelas quais os colonos vieram para a América?
▪ liberdade
▪ liberdade política
▪ liberdade religiosa
▪ oportunidade econômica
▪ praticar sua religião
▪ escapar da perseguição
59. Quem viveu na América antes da chegada dos europeus?
▪ Índios americanos
▪ Nativos americanos
60. Que grupo de pessoas foi levado para a América e vendido como escravos?
▪ africanos
▪ pessoas da África
61. Por que os colonos lutaram contra os britânicos?
▪ por causa de altos impostos (tributação sem representação)
▪ porque o exército britânico permaneceu em suas casas (hospedagem, aquartelamento)
▪ porque eles não tinham governo autônomo

62. Quem escreveu a Declaração de Independência?
▪ (Thomas) Jefferson
63. Quando foi adotada a Declaração de Independência?
▪ 4 de julho de 1776
64. Havia 13 estados originais. Cite três.
▪ New Hampshire
▪ Massachusetts
▪ Rhode Island
▪ Connecticut
▪ Nova York
▪ Nova Jersey
▪ Pensilvânia
▪ Delaware
▪ Maryland
▪ Virgínia
▪ Carolina do Norte
▪ Carolina do Sul
▪ Geórgia
65. O que aconteceu na Convenção Constitucional?
▪ A Constituição foi escrita.
▪ Os Pais Fundadores escreveram a Constituição.
66. Quando foi escrita a Constituição?
▪ 1787
67. Os Federalist Papers apoiaram a aprovação da Constituição dos Estados Unidos. Diga o nome de um dos escritores.
▪ (James) Madison
▪ (Alexander) Hamilton
▪ (John) Jay
▪ Publius
68. Por que Benjamin Franklin é famoso?
▪ diplomata dos EUA
▪ membro mais velho da Convenção Constitucional
▪ primeiro Postmaster General dos Estados Unidos
▪ escritor de “Poor Richard's Almanac”
▪ iniciou as primeiras bibliotecas gratuitas
69. Quem é o “Pai de nosso país”?
▪ (George) Washington
70. Quem foi o primeiro presidente? *
▪ (George) Washington

B: 1800
71. Que território os Estados Unidos compraram da França em 1803?
▪ o Território da Louisiana
▪ Louisiana
72. Cite uma guerra travada pelos Estados Unidos no século XIX.
▪ Guerra de 1812
▪ Guerra Mexicano-Americana
▪ Guerra Civil
▪ Guerra Hispano-Americana
73. Diga o nome da guerra dos EUA entre o Norte e o Sul.
▪ a Guerra Civil
▪ a Guerra entre os Estados
74. Cite um problema que levou à Guerra Civil.
▪ escravidão
▪ razões econômicas
▪ direitos dos estados
75. O que foi uma coisa importante que Abraham Lincoln fez? *
▪ libertou os escravos (Proclamação de Emancipação)
▪ salvou (ou preservou) a União
▪ liderou os Estados Unidos durante a Guerra Civil
76. O que a Proclamação de Emancipação fez?
▪ libertou os escravos
▪ escravos libertos na Confederação
▪ escravos libertos nos estados confederados
▪ escravos libertos na maioria dos estados do sul
77. O que Susan B. Anthony fez?
▪ lutou pelos direitos das mulheres
▪ lutou pelos direitos civis
C: História americana recente e outras informações históricas importantes
78. Cite uma guerra travada pelos Estados Unidos em 1900. *
▪ Primeira Guerra Mundial
▪ Segunda Guerra Mundial
▪ Guerra da Coréia
▪ Guerra do Vietnã
▪ Guerra do Golfo (Pérsico)
79. Quem foi o presidente durante a Primeira Guerra Mundial?
▪ (Woodrow) Wilson
80. Quem foi o presidente durante a Grande Depressão e a Segunda Guerra Mundial?
▪ (Franklin) Roosevelt

81. Quem os Estados Unidos lutaram na Segunda Guerra Mundial?
▪ Japão, Alemanha e Itália
82. Antes de ser presidente, Eisenhower era um general. Em que guerra ele estava?
▪ Segunda Guerra Mundial
83. Durante a Guerra Fria, qual foi a principal preocupação dos Estados Unidos?
▪ Comunismo
84. Que movimento tentou acabar com a discriminação racial?
▪ direitos civis (movimento)
85. O que Martin Luther King, Jr. fez? *
▪ lutou pelos direitos civis
▪ trabalhou pela igualdade para todos os americanos
86. Que evento importante aconteceu em 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos?
▪ Terroristas atacaram os Estados Unidos.
87. Cite uma tribo de índios americanos nos Estados Unidos.
[Os oficiais do USCIS receberão uma lista de tribos indígenas americanas reconhecidas federalmente.]
▪ Cherokee
▪ Navajo
▪ Sioux
▪ Chippewa
▪ Choctaw
▪ Pueblo
▪ Apache
▪ Iroquois
▪ Creek
▪ Blackfeet
▪ Seminole
▪ Cheyenne
▪ Arawak
▪ Shawnee
▪ Mohegan
▪ Huron
▪ Oneida
▪ Lakota
▪ Crow
▪ Teton
▪ Hopi
▪ Inuit

CÍVICOS INTEGRADOS
R: Geografia
88. Cite um dos dois maiores rios dos Estados Unidos.
▪ Missouri (rio)
▪ Mississippi (rio)
89. Qual é o oceano na Costa Oeste dos Estados Unidos?
▪ Pacífico (oceano)
90. Qual é o oceano na Costa Leste dos Estados Unidos?
▪ Atlântico (oceano)
91. Cite um território dos EUA.
▪ Porto Rico
▪ Ilhas Virgens dos EUA
▪ Samoa Americana
▪ Ilhas Marianas do Norte
▪ Guam
92. Cite um estado que faz fronteira com o Canadá.
▪ Maine
▪ New Hampshire
▪ Vermont
▪ Nova York
▪ Pensilvânia
▪ Ohio
▪ Michigan
▪ Minnesota
▪ Dakota do Norte
▪ Montana
▪ Idaho
▪ Washington
▪ Alasca
93. Cite um estado que faz fronteira com o México.
▪ Califórnia
▪ Arizona
▪ Novo México
▪ Texas
94. Qual é a capital dos Estados Unidos? *
▪ Washington, DC
95. Onde fica a Estátua da Liberdade? *
▪ Nova York (Porto)
▪ Liberty Island
[Também aceitáveis ​​são Nova Jersey, perto da cidade de Nova York e no Hudson (rio).]

B: Símbolos
96. Por que a bandeira tem 13 listras?
▪ porque havia 13 colônias originais
▪ porque as listras representam as colônias originais
97. Por que a bandeira tem 50 estrelas? *
▪ porque há uma estrela para cada estado
▪ porque cada estrela representa um estado
▪ porque existem 50 estados
98. Qual é o nome do hino nacional?
▪ A bandeira star spangled
C: Férias
99. Quando celebramos o Dia da Independência? *
▪ 4 de julho
100. Cite dois feriados nacionais dos EUA.
▪ Dia de Ano Novo
▪ Dia de Martin Luther King, Jr.
▪ Dia do Presidente
▪ Dia da Memória
▪ Dia da Independência
▪ Dia do Trabalho
▪ Dia de Colombo
▪ Dia dos Veteranos
▪ Ação de Graças
▪ Natal


O que você precisa saber sobre o Auxílio Emergencial 2021

O que você precisa saber sobre o Auxílio Emergencial 2021 

A CAIXA é o banco que vai creditar os pagamentos do Auxílio Emergencial 2021 a partir do dia 6 de abril. 

O anúncio aconteceu foi feito no dia 31/03, em Brasília. 

O calendário de crédito em conta digital segue até o dia 22 de agosto e você pode conferir aqui

De acordo com o art. 1º § 1º da Medida Provisória As parcelas do Auxílio Emergencial 2021 serão pagas independentemente de requerimento, desde que o beneficiário atenda aos requisitos estabelecidos nesta Medida Provisória.


Segundo a Caixa Econômica o calendário para o pagamento do auxílio emergencial foi organizado para que o atendimento ocorra de forma ordenada e sem aglomeração. Os pagamentos serão escalonados, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário, em ciclos de crédito em conta e saque em dinheiro. Para os beneficiários do Bolsa Família que receberão o auxílio, nada muda. Eles continuam a receber conforme o calendário habitual.

O Banco vai Reforçar o atendimento no pagamento do auxílio emergencial

O Site da CEF informar que para reforçar a rede de atendimento aos brasileiros, a CAIXA contratou 7,7 mil colaboradores para atuar nas mais de 4,2 mil agências em todo o país. O banco ainda intensificou os protocolos de combate à Covid-19 e vai reforçar a higienização e o distanciamento em suas unidades.

Calendário do pagamento do auxílio emergencial

O Auxílio Emergencial 2021 começará a ser pago no dia 6 de abril para os brasileiros nascidos em janeiro e os demais beneficiários receberão conforme abaixo.

 O primeiro pagamento do Auxílio Emergencial 2021 para os beneficiários do Bolsa Família será no dia 16 de abril.

O calendário completo está disponível em caixa.gov.br.

Quem terá direito ao Auxílio Emergencial em 2021

Critérios

Para conceder as quatro parcelas do auxílio emergencial este ano o governo definiu novas faixas de pagamento:

  1. - Mulheres chefes de família: R$ 375
  2. - Famílias com duas ou mais pessoas, exceto aquelas com mães chefes de família: R$ 250
  3. - Auxílio para pessoas que moram sozinhas: R$ 150

Qual o valor do Auxílio Emergencial 2021? 

Quantas parcelas serão pagas? Serão pagas aos trabalhadores 4 (quatro) parcelas mensais no valor de R$ 250,00(duzentos e cinquenta reais).Pessoas que moram sozinhas têm direito a 4 (quatro) parcelas mensais no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais).A mulher provedora de família monoparental (mãe solteira) tem direito a 4 (quatro)parcelas mensais no valor de $ 375,00 (trezentos e setenta e cinco reais) a título do Auxílio Emergencial 2021.

Pelas novas regras, estabelecidas pela Medida Provisória 1.039/2021, o Auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não haverá nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A família receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial.

O valor médio do benefício será de R$ 250, variando de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família.

As famílias, em geral, vão receber R$ 250;
A família monoparental, chefiada por uma mulher, vai receber R$ 375;
Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150.
Como o cidadão pode saber se foi aprovado para receber o Auxílio Emergencial
A Dataprev realizará o cruzamento dos dados das pessoas cadastradas no grupo de beneficiários com os critérios do novo programa. A partir do dia 2 de abril, os cidadãos poderão verificar o resultado do processamento através do endereço auxilio.caixa.gov.br ou central 111.

Quais documentos são obrigatórios para receber o Auxílio Emergencial 2021?

É obrigatória a inscrição do beneficiário no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) para o pagamento do Auxílio Emergencial 2021, e a situação deverá estar regularizada junto à Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil do Ministério da Economia, para o efetivo crédito do referido auxílio, exceto no caso de integrantes de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família

É obrigatória a inscrição do beneficiário no CPF para o pagamento do Auxílio Emergencial 2021, e sua situação deverá estar regularizada junto à Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil do Ministério da Economia para o efetivo crédito do referido auxílio, exceto no caso de trabalhadores integrantes de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, de que trata a Lei nº 10.836, de 2004.

Qual renda será considerada para saber se tenho direito ou não ao Auxílio Emergencial 2021?

A caracterização da renda será feita com base nas declarações fornecidas por ocasião do requerimento do auxílio emergencial e nas bases de dados oficiais. A renda familiar é a soma dos rendimentos brutos recebidos por todos os membros da unidade nuclear composta por um ou mais indivíduos, eventualmente ampliada por outros indivíduos que contribuam para o rendimento ou que tenham suas despesas atendidas por aquela unidade familiar, todos moradores em um mesmo domicílio. Não serão incluídos no cálculo da renda familiar mensal os rendimentos percebidos de programas de transferência de renda federal, do Auxílio Emergencial e extensão do Auxílio Emergencial, e do Abono-Salarial PIS/PASEP, regulado pela Lei nº 7.998,de 1990.A renda familiar per capita é calculada a partir da divisão da renda familiar mensal pelo total de indivíduos na família.

Segundo a Agência Brasil Não podem receber o auxílio emergencial

  • - Trabalhadores com carteira assinada e servidores públicos;
  • - Pessoas que não movimentaram os valores do auxílio emergencial e sua extensão em 2020;
  • - Quem estiver com o auxílio do ano passado cancelado;
  • - Cidadãos que recebem benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família e do PIS/Pasep;
  • - Médicos e multiprofissionais;
  • - Beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares;
  • - Quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019 ou tinha, em 31 de dezembro daquele ano, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • - Cidadãos com menos de 18 anos, exceto mães adolescentes.
  • - Quem estiver no sistema carcerário em regime fechado ou tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de auxílio-reclusão.

O Art. 8º no § 1º determina que fica vedado à instituição financeira federal efetuar descontos ou compensações que impliquem a redução do valor do Auxílio Emergencial 2021, a pretexto de recompor saldos negativos ou de saldar dívidas preexistentes do beneficiário, sendo válido o mesmo critério para qualquer tipo de conta bancária em que houver opção de transferência pelo beneficiário.

O auxílio emergencial é uma política assistencial recepcionada constitucionalmente na parte quetrata da Seguridade Social. É, portanto, um direito fundamental que vem respaldar mais de 59milhões de contribuintes ou não do sistema de seguridade, segundo pesquisa IPEA, que estão expostos à uma situação de fragilidade econômica.

O que você precisa saber sobre o Auxílio Emergencial 2021


Atendimento ao cidadão
A central telefônica 111 da CAIXA funciona de segunda a sexta, das 7h a 22h e está pronta para atender os beneficiários do Auxílio Emergencial. Além disso, o banco disponibiliza, ainda, o site https://www.caixa.gov.br/auxilio e as redes sociais:

twitter.com/

caixafacebook.com/

caixainstagram.com/

caixayoutube.com/user/canalcaixa

Observação: Esse texto tem conteúdo informativo e não tem vínculo com os órgão citados. Procure um órgão oficial para obter informações formais

Fontes

Medida Provisória Medida Provisória 1.039/2021

Agência Brasil

Caixa Notícias


Competências específicas de linguagens para o Ensino Fundamental na BNCC

 COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS DE LINGUAGENS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL 

Competências específicas de linguagens para o Ensino Fundamental na BNCC


1. Compreender as linguagens como construção humana, histórica, social e cultural, de natureza dinâmica, reconhecendo-as e valorizando-as como formas de significação da realidade e expressão de subjetividades e identidades sociais e culturais. 

2. Conhecer e explorar diversas práticas de linguagem (artísticas, corporais e linguísticas) em diferentes campos da atividade humana para continuar aprendendo, ampliar suas possibilidades de participação na vida social e colaborar para a construção de uma sociedade mais justa, democrática e inclusiva. 

3. Utilizar diferentes linguagens – verbal (oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital –, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir sentidos que levem ao diálogo, à resolução de conflitos e à cooperação. 

4. Utilizar diferentes linguagens para defender pontos de vista que respeitem o outro e promovam os direitos humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável em âmbito local, regional e global, atuando criticamente frente a questões do mundo contemporâneo. 

5. Desenvolver o senso estético para reconhecer, fruir e respeitar as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, inclusive aquelas pertencentes ao patrimônio cultural da humanidade, bem como participar de práticas diversificadas, individuais e coletivas, da produção artístico-cultural, com respeito à diversidade de saberes, identidades e culturas. 

6. Compreender e utilizar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares), para se comunicar por meio das diferentes linguagens e mídias, produzir conhecimentos, resolver problemas e desenvolver projetos autorais e coletivos.


Fonte

BNCC

Os fundamentos pedagógicos da BNCC

 Os fundamentos pedagógicos da BNCC 

Acompanhe na íntegra os Fundamentos pedagógicos da BNCC conforme texto original.


Foco no desenvolvimento de competências 


O conceito de competência, adotado pela BNCC, marca a discussão pedagógica e social das últimas décadas e pode ser inferido no texto da LDB, especialmente quando se estabelecem as finalidades gerais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio (Artigos 32 e 35). 

Além disso, desde as décadas finais do século XX e ao longo deste início do século XXI9, o foco no desenvolvimento de competências tem orientado a maioria dos Estados e Municípios brasileiros e diferentes países na construção de seus currículos10. É esse também o enfoque adotado nas avaliações internacionais da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que coordena o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa, na sigla em inglês)11, e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco, na sigla em inglês), que instituiu o Laboratório Latino-americano de Avaliação da Qualidade da Educação para a América Latina (LLECE, na sigla em espanhol). 

Ao adotar esse enfoque, a BNCC indica que as decisões pedagógicas devem estar orientadas para o desenvolvimento de competências. Por meio da indicação clara do que os alunos devem “saber” (considerando a constituição de conhecimentos, habilidades, atitudes e valores) e, sobretudo, do que devem “saber fazer” (considerando a mobilização desses conhecimentos, habilidades, atitudes e valores para resolver demandas complexas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e do mundo do trabalho), a explicitação das competências oferece referências para o fortalecimento de ações que assegurem as aprendizagens essenciais definidas na BNCC.

Os fundamentos pedagógicos da BNCC


O compromisso com a educação integral 

A sociedade contemporânea impõe um olhar inovador e inclusivo a questões centrais do processo educativo: o que aprender, para que aprender, como ensinar, como promover redes de aprendizagem colaborativa e como avaliar o aprendizado. 

No novo cenário mundial, reconhecer-se em seu contexto histórico e cultural, comunicar-se, ser criativo, analítico-crítico, participativo, aberto ao novo, colaborativo, resiliente, produtivo e responsável requer muito mais do que o acúmulo de informações. Requer o desenvolvimento de competências para aprender a aprender, saber lidar com a informação cada vez mais disponível, atuar com discernimento e responsabilidade nos contextos das culturas digitais, aplicar conhecimentos para resolver problemas, ter autonomia para tomar decisões, ser proativo para identificar os dados de uma situação e buscar soluções, conviver e aprender com as diferenças e as diversidades. 

Nesse contexto, a BNCC afirma, de maneira explícita, o seu compromisso com a educação integral. Reconhece, assim, que a Educação Básica deve visar à formação e ao desenvolvimento humano global, o que implica compreender a complexidade e a não linearidade desse desenvolvimento, rompendo com visões reducionistas que privilegiam ou a dimensão intelectual (cognitiva) ou a dimensão afetiva. Significa, ainda, assumir uma visão plural, singular e integral da criança, do adolescente, do jovem e do adulto – considerando-os como sujeitos de aprendizagem – e promover uma educação voltada ao seu acolhimento, reconhecimento e desenvolvimento pleno, nas suas singularidades e diversidades. Além disso, a escola, como espaço de aprendizagem e de democracia inclusiva, deve se fortalecer na prática coercitiva de não discriminação, não preconceito e respeito às diferenças e diversidades.

 Independentemente da duração da jornada escolar, o conceito de educação integral com o qual a BNCC está comprometida se refere à construção intencional de processos educativos que promovam aprendizagens sintonizadas com as necessidades, as possibilidades e os interesses dos estudantes e, também, com os desafios da sociedade contemporânea. Isso supõe considerar as diferentes infâncias e juventudes, as diversas culturas juvenis e seu potencial de criar novas formas de existir. 

Assim, a BNCC propõe a superação da fragmentação radicalmente disciplinar do conhecimento, o estímulo à sua aplicação na vida real, a importância do contexto para dar sentido ao que se aprende e o protagonismo do estudante em sua aprendizagem e na construção de seu projeto de vida.


Fonte

BNCC

Saiba quais são Os marcos legais que embasam a BNCC

Os marcos legais que embasam a BNCC 

1. A Constituição Federal de 1988

Dentre os Os marcos legais que embasam a BNCC citamos primeiro a Constituição Federal de 1988, em seu Artigo 205, que segundo a BNCC reconhece a educação como direito fundamental compartilhado entre Estado, família e sociedade ao determinar que 

  • a educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho (BRASIL, 1988). 

De acordo com a BNCC para atender a tais finalidades no âmbito da educação escolar, a Carta Constitucional, no Artigo 210, já reconhece a necessidade de que sejam “fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum e respeito aos valores culturais e artísticos, nacionais e regionais” (BRASIL, 1988). 

2. LDB, no Inciso IV de seu Artigo 9º

A LDB também está entre os marcos legais que embasam a BNCC, segundo a BNCC com base nesses marcos constitucionais, a LDB, no Inciso IV de seu Artigo 9º, afirma que cabe à União

  •  estabelecer, em colaboração com os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, competências e diretrizes para a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e o Ensino Médio, que nortearão os currículos e seus conteúdos mínimos, de modo a assegurar formação básica comum (BRASIL, 1996; ênfase adicionada). 
O texto da Base Nacional Curricular informa que nesse artigo, a LDB deixa claros dois conceitos decisivos para todo o desenvolvimento da questão curricular no Brasil. O primeiro, já antecipado pela Constituição, estabelece a relação entre o que é básico-comum e o que é diverso em matéria curricular: as competências e diretrizes são comuns, os currículos são diversos. O segundo se refere ao foco do currículo. Ao dizer que os conteúdos curriculares estão a serviço do desenvolvimento de competências, a LDB orienta a definição das aprendizagens essenciais, e não apenas dos conteúdos mínimos a ser ensinados. Essas são duas noções fundantes da BNCC.

3.Artigo 26 da LDB


A relação entre o que é básico-comum e o que é diverso é retomada no Artigo 26 da LDB, que determina que

  • os currículos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio devem ter base nacional comum, a ser complementada, em cada sistema de ensino e em cada estabelecimento escolar, por uma parte diversificada, exigida pelas características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e dos educandos (BRASIL, 1996; ênfase adicionada). 

4. Lei nº 13.005/20147 promulgou o Plano Nacional de Educação (PNE)


Por fim, como um dos marcos legais que embasam a BNCC temos a Lei nº 13.005/2014. Para a BNCC o conhecimento curricular contextualizado pela realidade local, social e individual da escola e do seu alunado, que foi o norte das diretrizes curriculares traçadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) ao longo da década de 1990, bem como de sua revisão nos anos 2000. Em 2010, o CNE promulgou novas DCN, ampliando e organizando o conceito de contextualização como “a inclusão, a valorização das diferenças e o atendimento à pluralidade e à diversidade cultural resgatando e respeitando as várias manifestações de cada comunidade”, conforme destaca o Parecer CNE/CEB nº 7/20106. Em 2014, a Lei nº 13.005/20147 promulgou o Plano Nacional de Educação (PNE), que reitera a necessidade de

  • estabelecer e implantar, mediante pactuação interfederativa [União, Estados, Distrito Federal e Municípios], diretrizes pedagógicas para a educação básica e a base nacional comum dos currículos, com direitos e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento dos(as) alunos(as) para cada ano do Ensino Fundamental e Médio, respeitadas as diversidades regional, estadual e local (BRASIL, 2014). 
Nesse sentido, consoante aos marcos legais anteriores, o PNE afirma a importância de uma base nacional comum curricular para o Brasil, com o foco na aprendizagem como estratégia para fomentar a qualidade da Educação Básica em todas as etapas e modalidades (meta 7), referindo-se a direitos e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento.

Saiba quais são Os marcos legais que embasam a BNCC



Em 2017, com a alteração da LDB por força da Lei nº 13.415/2017, a legislação brasileira passa a utilizar, concomitantemente, duas nomenclaturas para se referir às finalidades da educação:

  • Art. 35-A. A Base Nacional Comum Curricular definirá direitos e objetivos de aprendizagem do ensino médio, conforme diretrizes do Conselho Nacional de Educação, nas seguintes áreas do conhecimento [...] 
  • Art. 36. § 1º A organização das áreas de que trata o caput e das respectivas competências e habilidades será feita de acordo com critérios estabelecidos em cada sistema de ensino (BRASIL, 20178; ênfases adicionadas).  
Trata-se, portanto, de maneiras diferentes e intercambiáveis para designar algo comum, ou seja, aquilo que os estudantes devem aprender na Educação Básica, o que inclui tanto os saberes quanto a capacidade de mobilizá-los e aplicá-los.

Saiba quais são as Competências Gerais da Educação Básica da BNCC

10 Competências Gerais da Educação Básica da BNCC

1. Valorizar e utilizar os conhecimentos historicamente construídos sobre o mundo físico, social, cultural e digital para entender e explicar a realidade, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva. 

2. Exercitar a curiosidade intelectual e recorrer à abordagem própria das ciências, incluindo a investigação, a reflexão, a análise crítica, a imaginação e a criatividade, para investigar causas, elaborar e testar hipóteses, formular e resolver problemas e criar soluções (inclusive tecnológicas) com base nos conhecimentos das diferentes áreas. 

3. Valorizar e fruir as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de práticas diversificadas da produção artístico-cultural. 

4. Utilizar diferentes linguagens – verbal (oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital –, bem como conhecimentos das linguagens artística, matemática e científica, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo. 

5. Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva. 

6. Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais e apropriar-se de conhecimentos e experiências que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e responsabilidade. 

7. Argumentar com base em fatos, dados e informações confiáveis, para formular, negociar e defender ideias, pontos de vista e decisões comuns que respeitem e promovam os direitos humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável em âmbito local, regional e global, com posicionamento ético em relação ao cuidado de si mesmo, dos outros e do planeta

8. Conhecer-se, apreciar-se e cuidar de sua saúde física e emocional, compreendendo-se na diversidade humana e reconhecendo suas emoções e as dos outros, com autocrítica e capacidade para lidar com elas. 

9. Exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação, fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humanos, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades, sem preconceitos de qualquer natureza. 

10. Agir pessoal e coletivamente com autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, tomando decisões com base em princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

Saiba quais são as Competências Gerais da Educação Básica da BNCC


Na BNCC, competência é definida como a mobilização de conhecimentos (conceitos e procedimentos), habilidades (práticas, cognitivas e socioemocionais), atitudes e valores para resolver demandas complexas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e do mundo do trabalho. 

Ao definir as competências gerais da Educação Básica, a BNCC reconhece que a “educação deve afirmar valores e estimular ações que contribuam para a transformação da sociedade, tornando-a mais humana, socialmente justa e, também, voltada para a preservação da natureza” (BRASIL, 2013)

A BNCC destaca que as competências gerais da Educação Básica, apresentadas inter-relacionam-se e desdobram-se no tratamento didático proposto para as três etapas da Educação.

Fonte

Base Nacional Curricular da Educação Básica Pág. 7 e 8

Diálogo Competitividade: Modalidade de Licitação da Lei 14.133/2021

 Diálogo Competitividade: Modalidade de Licitação da Lei 14.133/2021

Diálogo Competitivo é uma modalidade de licitação para contratação de obras, serviços e compras em que a Administração Pública realiza diálogos com licitantes previamente selecionados mediante critérios objetivos, com o intuito de desenvolver uma ou mais alternativas capazes de atender às suas necessidades, devendo os licitantes apresentar proposta final após o encerramento dos diálogos;

O Diálogo Competitivo foi previsto pela Lei 14.133/2021 cuja definição acima se encontra no Art. 6º, Inciso XLII

 Modalidade de Diálogo Competitivo

O Art. 28 da Lei 14.133/2021 definiu que São modalidades de licitação:

  • I - pregão;
  • II - concorrência;
  • III - concurso;
  • IV - leilão;
  • V - diálogo competitivo.

Segundo o Art. 32 da Lei 14.433/2021 a modalidade diálogo competitivo é restrita a contratações em que a Administração:

I - vise a contratar objeto que envolva as seguintes condições:

  • a) inovação tecnológica ou técnica;
  • b) impossibilidade de o órgão ou entidade ter sua necessidade satisfeita sem a adaptação de soluções disponíveis no mercado; e
  • c) impossibilidade de as especificações técnicas serem definidas com precisão suficiente pela Administração;

II - verifique a necessidade de definir e identificar os meios e as alternativas que possam satisfazer suas necessidades, com destaque para os seguintes aspectos:

  • a) a solução técnica mais adequada;
  • b) os requisitos técnicos aptos a concretizar a solução já definida;
  • c) a estrutura jurídica ou financeira do contrato;

Na modalidade diálogo competitivo, serão observadas as seguintes disposições (Art. 32§ 1º):

  • I - a Administração apresentará, por ocasião da divulgação do edital em sítio eletrônico oficial, suas necessidades e as exigências já definidas e estabelecerá prazo mínimo de 25 (vinte e cinco) dias úteis para manifestação de interesse na participação da licitação;
  • II - os critérios empregados para pré-seleção dos licitantes deverão ser previstos em edital, e serão admitidos todos os interessados que preencherem os requisitos objetivos estabelecidos;
  • III - a divulgação de informações de modo discriminatório que possa implicar vantagem para algum licitante será vedada;
  • IV - a Administração não poderá revelar a outros licitantes as soluções propostas ou as informações sigilosas comunicadas por um licitante sem o seu consentimento;
  • V - a fase de diálogo poderá ser mantida até que a Administração, em decisão fundamentada, identifique a solução ou as soluções que atendam às suas necessidades;
  • VI - as reuniões com os licitantes pré-selecionados serão registradas em ata e gravadas mediante utilização de recursos tecnológicos de áudio e vídeo;
  • VII - o edital poderá prever a realização de fases sucessivas, caso em que cada fase poderá restringir as soluções ou as propostas a serem discutidas;
  • VIII - a Administração deverá, ao declarar que o diálogo foi concluído, juntar aos autos do processo licitatório os registros e as gravações da fase de diálogo, iniciar a fase competitiva com a divulgação de edital contendo a especificação da solução que atenda às suas necessidades e os critérios objetivos a serem utilizados para seleção da proposta mais vantajosa e abrir prazo, não inferior a 60 (sessenta) dias úteis, para todos os licitantes pré-selecionados na forma do inciso II deste parágrafo apresentarem suas propostas, que deverão conter os elementos necessários para a realização do projeto;
  • IX - a Administração poderá solicitar esclarecimentos ou ajustes às propostas apresentadas, desde que não impliquem discriminação nem distorçam a concorrência entre as propostas;
  • X - a Administração definirá a proposta vencedora de acordo com critérios divulgados no início da fase competitiva, assegurada a contratação mais vantajosa como resultado;
  • XI - o diálogo competitivo será conduzido por comissão de contratação composta de pelo menos 3 (três) servidores efetivos ou empregados públicos pertencentes aos quadros permanentes da Administração, admitida a contratação de profissionais para assessoramento técnico da comissão;
  • XII - (VETADO).


Os profissionais contratados para os fins do inciso XI do § 1º deste artigo assinarão termo de confidencialidade e abster-se-ão de atividades que possam configurar conflito de interesses, conforme Art. 32 § 2º 

O Diálogo Competitivo também foi inserido no Código Penal nos casosde:

Omissão grave de dado ou de informação por projetista

Art. 337-O. Omitir, modificar ou entregar à Administração Pública levantamento cadastral ou condição de contorno em relevante dissonância com a realidade, em frustração ao caráter competitivo da licitação ou em detrimento da seleção da proposta mais vantajosa para a Administração Pública, em contratação para a elaboração de projeto básico, projeto executivo ou anteprojeto, em diálogo competitivo ou em procedimento de manifestação de interesse:

Pena - reclusão, de 6 (seis) meses a 3 (três) anos, e multa.

Diálogo Competitivo na Concessão e Permissão

Nos casos de concessão e permissão dos incisos II e III do caput do art. 2º da Lei nº 8.987, de 13 de fevereiro de 1995 o Diálogo Competitivo poderá:

  • II - concessão de serviço público: a delegação de sua prestação, feita pelo poder concedente, mediante licitação, na modalidade concorrência ou diálogo competitivo, a pessoa jurídica ou consórcio de empresas que demonstre capacidade para seu desempenho, por sua conta e risco e por prazo determinado;
  • III - concessão de serviço público precedida da execução de obra pública: a construção, total ou parcial, conservação, reforma, ampliação ou melhoramento de quaisquer obras de interesse público, delegados pelo poder concedente, mediante licitação, na modalidade concorrência ou diálogo competitivo, a pessoa jurídica ou consórcio de empresas que demonstre capacidade para a sua realização, por sua conta e risco, de forma que o investimento da concessionária seja remunerado e amortizado mediante a exploração do serviço ou da obra por prazo determinado;

Diálogo Competitividade: Modalidade de Licitação da Lei 14.133/2021


Diálogo Competitivo na parceria público-privada

De acordo com caput do art. 10 da Lei nº 11.079, de 30 de dezembro de 2004 a contratação de parceria público-privada será precedida de licitação na modalidade concorrência ou diálogo competitivo, estando a abertura do processo licitatório condicionada a:

Ronaldo Silva. Advogado.

Ensino Hibrido na Educação Infantil

Ensino Hibrido na Educação Infantil

Na última década, o uso do aprendizado online, incluindo o ensino híbrido aumentou rapidamente e isso acelerou ainda mais em resposta a Pandemia Coronavírus (COVID-19). Muito desse crescimento na aprendizagem online ocorreu no ensino superior, no entanto, tem ocorrido aumentos notáveis ​​no Ensino Hibrido na Educação Infantil

 O que é aprendizado híbrido?

A aprendizagem híbrida combina o ensino presencial e on-line em um ensino coeso. Uma parte das aulas são na escola, enquanto a outra parte tem alunos trabalhando online. Embora isso possa soar como uma fórmula simples, muito planejamento é necessário para garantir que o híbrido funcione bem, permitindo que seus dois formatos capitalizem os pontos fortes um do outro.

No Ensino Hibrido na Educação Infantil, dada sua peculiaridade, nessa modalidade o planejamento deve ser abordado com cuidado. Os professores precisam estarem familiarizados não apenas com os pontos fortes do ensino online e presencial, mas também como eles podem se alimentar mutuamente no longo prazo.

Plataformas Interativas no Ensino Hibrido na Educação Infantil

• Use uma lista de reprodução (PlayList) de streaming de vídeo não listada (acessível apenas para os pais) para postar atividades musicais infantis.

• Ao usar uma função de transmissão / vídeo ao vivo, forneça sugestões e orientações aos familiares por meio da função de bate-papo

• Para ajudar as crianças a se sentirem conectadas umas com as outras, defina a exibição de videoconferência (Zoom, Meeting) para que as crianças possam ver umas as outras

• Considere usar um aplicativo ou serviço para compartilhar fotos e aprender com as famílias

• Educadores / profissionais podem usar a sala de aula / plataforma digital para alunos / famílias para fornecer links para aplicativos, sites e vídeos curtos gravados em um só lugar.

Lista de benefícios do Ensino Hibrido na Educação Infantil

(Digital Chalk, 2014): Lista os benefícios e desafios de criar cursos e programas Ensino Hibrido na Educação Infantil em qualquer estabelecimento educacional: Os benefícios podem incluir:

• oportunidades de aprendizagem colaborativa: espaços de aprendizagem online podem oferecer experiências de colaboração maiores e mais envolventes entre alunos e professores. Essas oportunidades incluem ferramentas colaborativas, como fórum online, discussões, wikis, blogs, chat, etc. Por meio dessas ferramentas, conexões estão disponíveis dentro ou fora da sala de aula online

• melhoria da comunicação: os professores podem se comunicar a meio período ou período integral com os alunos através de uma variedade de canais de comunicação. A equipe pode escolher e-mail, chat, notícias, fóruns, espaços de atribuição, etc

• estratégias de avaliação : avaliações dos alunos tanto formativa quanto somativa e o feedback pode, quando apropriado, ser mais detalhado e frequente por meio online com relatórios

O desenvolvimento de modelos de aprendizagem híbrida combina muitos dos desafios da aprendizagem remota (adoção do aluno, envolvimento e equidade) com novos desafios, 

  • alocar deficiências de capacidade do professor quanto ao domínio das ferramentas
  • deficiência da infraestrutura
  • dificuldades de comunicação equitativa entre os alunos, 
  • gerenciamento da complexidade operacional crescente e mudando os modelos de instrução remota para presencial.


Quais partes do processo de ensino e aprendizagem devem ser reservadas para a aprendizagem presencial? Segundo a UNESCO  vários modelos são possíveis de responder esta questão: modelo de dever de casa (instrução na escola, prática assíncrona em casa); sala de aula invertida (vídeo-instrução em casa, prática na escola);ao vivo síncrono (remoto e presencial simultaneamente por videoconferência); e híbrido assíncrono (mistura de atividades de aprendizagem presenciais e por meio de plataforma assíncrona em casa)

Ilustra como os formuladores de políticas e educadores podem:

1. Feche a divisão digital
2. Fortalecer a aprendizagem à distância e combinada
3. Avalie o que os alunos precisam
4. Garantir suporte para aprendizagem social e emocional
5. Redesenhar escolas para relacionamentos mais fortes
6. Enfatize a aprendizagem autêntica e culturalmente responsiva
7. Fornece tempo de aprendizagem expandido

8. Estabelecer escolas comunitárias e apoios envolventes
9. Prepare educadores para reinventar as escolas
10. Alavancar financiamento escolar mais adequado e equitativo


Como você preencherá as lacunas no aprendizado dos alunos no Ensino Hibrido na Educação Infantil?

Enquanto os alunos estão envolvidos no aprendizado presencial, eles trabalharão no nível da série, do conteúdo e habilidades para receber feedback imediato de seus professores.

Quando os alunos estão envolvidos no ensino à distância, o professor estará fornecendo pequenos grupos de crianças com instruções personalizadas para atender às suas necessidades. Isso poderia incluir apoio à intervenção, instrução contínua ao nível da série e / ou extensões para a aprendizagem do aluno. 

É por meio desses métodos de pequenos grupos que os professores terão melhores maneiras de preencher lacunas na aprendizagem dos alunos

Dê atenção especial à aprendizagem na primeira infância. 

• modelar tudo o que está sendo ensinado;

• falar diretamente com os cuidadores sobre como eles podem apoiar seus jovens alunos;

• garantir a equidade adaptando as tarefas e apoios às necessidades e capacidades das famílias; e

• criar uma comunidade colaborativa entre as famílias que fazem parte da classe.

A primeira infância e as primeiras séries são um período de desenvolvimento único que requer uma abordagem diferente ao conceituar e apoiar o ensino à distância do que os graus superiores.

A pandemia deu origem a novas necessidades logísticas, tecnológicas, profissionais e socioemocionais para educadores e outros membros da equipe escolar. Essas necessidades tornaram-se claras durante o planejamento do Ensino Hibrido na Educação Infantil. A configuração de rotinas de instrução para formatos de aprendizagem híbridos ou remotos requer uma abordagem, com os professores oferecendo apoio mútuo e buscando a aprendizagem profissional contínua.

Ensino Hibrido na Educação Infantil


Os alunos devem se sentir seguros e equipados para aprender

Muitos alunos estarão voltando para a escola com algum grau de estresse. Alguns terão perdido algum membro da família. Outros podem estar lidando com as dificuldades de ter seus pais perdendo o emprego. 

Além de serem expostos a avisos sobre o vírus, os alunos estão tornando-se mais consciente do racismo sistêmico, da mudança climática, e outros problemas que podem adicionar a um estado de ansiedade. 

Embora seja importante avaliar o status acadêmico dos alunos e tentar recuperar as perdas na aprendizagem, os educadores devem se concentrar primeiro na reconstrução de relacionamentos e um senso de comunidade. 


Referências

https://www.codlearningtech.org/PDF/hybridteachingworkbook.pdf

https://learningpolicyinstitute.org/sites/default/files/product-files/Restart_Reinvent_Schools_COVID_Priority2_Distance_Learning.pdf

https://www.mckinsey.com/~/media/McKinsey/Industries/Public%20and%20Social%20Sector/Our%20Insights/Back%20to%20school%20A%20framework%20for%20remote%20and%20hybrid%20learning%20amid%20COVID%2019/Back-to-school-A-framework-for-remote-and-hybrid-learning-amid-COVID-19-vF.pdf


.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar