Publicidade

Lucíola José de Alencar

Título:    Lucíola

Autor:    José de Alencar 

Categoria:    Literatura

Idioma:    PortuguêsLucíola José de Alencar



Lucíola José de Alencar

Foi o ficcionista que mais agradou o gosto do publico burguês, consolidando o romance nacional brasileiro.
Retratou posturas políticas e burguesas em sintonia com a mentalidade de homem conservador em todos os parâmetros: monarquista, escravocrata, político (senador do império de Pedro II), proprietário de terras

Lucíola é o quinto romance do escritor brasileiro José de Alencar, publicado em 1862. Com a publicação de Lucíola, inicia Alencar a sua série de "Perfis de Mulher", romances em que estuda caracteres femininos, torturados por contradições e antagonismo psicológicos; fazem parte da trilogia também Diva (1864) e Senhora (1875). (Wikipedia)

Lucíola  é  o     primeiro     dos   livros urbanos      de   José   de Alencar que   formaram      a trilogia chamada     por   ele    de "perfis de mulheres",     que   se   completa   com   Diva e Senhora. Tem características    marcantes     do    Romantismo,     como       a exaltação do        amor,     o      Sentimentalismo melancólico e o subjetivismo.

LUCÍOLA, publicado em 1862, é um romance de amor bem ao sabor do Romantismo, muito embora uma ou outra manifestação do estilo Realista aí se faça presente. Trata-se de um romance de "primeira pessoa", ou seja, o narrador da história é um personagem importante da mesma, Paulo Silva. E ele a narra em cartas dirigidas a uma senhora, G. M. (pseudônimo de Alencar), que as publica em livro com o título de LUCÍOLA.

ROMANCES URBANOS - retratam os costumes da sociedade carioca do Segundo Reinado. (Os heróis e heroínas deste romance faziam ou não parte desta sociedade e tinham que superar várias barreiras para a felicidade e a realização do amor e do casamento) 
Lucíola, Diva, Senhora, A Viuvinha, todos de José de Alencar; A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo; O Seminarista de Bernardo Guimarâes e Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antônio de Almeida.




Leia Também

1 - A Viuvinha José de Alencar
2 - O Guarani José de Alencar
3 - Iracema José de Alencar
4 - Diva José de Alencar
5 - O que é o Casamento? José de Alencar
6 - Lucíola José de Alencar
7 - Senhora José de Alencar


Caderno de Educação

Confira:

👉 Curso de Psicoterapia


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em sua s Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens Sugeridas, Relacionadas e Anúncios

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.

 
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar