Publicidade

Saiba qual é diferença entre Poema e Poesia...

Qual é a diferença entre poema e poesia?

O poema é um texto “marcado por recursos sonoros e rítmicos. Geral-mente o poema permite outras leituras, além da linear”, pois sua organização sugere ao leitor a associação de palavras ou expressões “posicionadas estrategicamente no texto”.

A poesia está presente no poema, assim como em outras obras de arte,“que, como o poema, convidam o leitor/espectador/ouvinte a retornar à obra mais de uma vez, desvendando as pistas que ela apresenta para a interpretação de seus sentidos”.

Essa é uma definição de Poetas da Escola com base em Norma Goldstein em Versos, sons, ritmos.14ª- ed. São Paulo: Ática, 2006


diferença entre poema e poesia



Poema vs Poesia

Uma outra explicação para a diferença entre poema e poesia é a do professor de Língua Portuguesa Nestor Accioly:

  • “O poema é um elemento concreto, físico, material. A poesia é o imaterial, o abstrato, o subjetivo. É uma relação de corpo e alma. O poema é o corpo, a poesia é a alma. O poema fere os nossos sentidos. A poesia toca em nossos sentimentos. O poema, de certa forma, aprisiona a poesia com a palavra, que é a sua matéria-prima”.  (Fonte: Minerva)

Para Cleunice Terezinha Ribeiro  a diferença entre poema e poesia também é explicada por Octávio Paz em “O Arco e a Lira” de Octavio Paz. Tradução de Olga Savary. Ed. Nova Fronteira, RJ, 198, (ColeçãoLogos)

Poesia – É a linguagem que comove, encanta e desperta sentimentos, confere ao texto(seja ele em versos ou prosa) harmonia e beleza. Segundo Octávio Paz, é a arte de criar com palavras, está presente no poema. É exercício espiritual, é um método de libertação interior. A poesia revela este mundo; cria outro. Pão dos eleitos; alimento maldito. Isola; une.Convite à viagem; regresso à terra natal. Inspiração, respiração, exercício muscular. Súplica ao vazio, diálogo com a ausência, é alimentada pelo tédio, pela angústia e pelo desespero.Oração, litania, epifania, presença. Exorcismo, conjuro, magia.
Poema – Obra literária apresentada em versos, caracterizada pela criatividade e emprego de figuras de linguagem. É a obra que se faz com a poesia e na qual há a presença do eu lírico. Paz (1982) que “ poema é via de acesso ao tempo puro, imersão nas águas originais da existência. A poesia não é nada senão tempo, ritmo perpetuamente criador


Publicidade

Também citando Octávio Paz sobre a diferença entre Poema e poesia Palavras afirma que: 
Paz (1982), ao diferenciar poema de poesia, afirma: “o poético é poesia em estado
amorfo; o poema é criação, poesia que se ergue. Só no poema a poesia se recolhe e se revela
plenamente” (PAZ, 1982, p.17). E continua o crítico: “o poema não é uma forma literária,
mas o lugar de encontro entre a poesia e o homem. O poema é um organismo verbal que
contém, suscita ou emite poesia. Forma e substância são a mesma coisa” (PAZ, 1982, p.17).
Assim, a diferença entre poema e poesia acaba desaguando na relação entre forma e conteúdo,
assunto que traz divergência entre os críticos literários.

diferença entre poema e poesia

Você sabe a diferença entre poesia e poema?

Segundo o PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NA ESCOLA do Paraná:

Poesia – Não há uma definição objetiva, mas a poesia expressa emoções, sentimento do poeta,muitas vezes, assemelha-se a um apelo, uma canção. Caráter do que emociona,toca a sensibilidade. Sugerir emoções por meio de uma linguagem. (FERREIRA,2005).A diferença entre poema e poesia é que a poesia emociona, sensibiliza,expressa emoções e sentimentos do poeta.Poema é a obra em verso em que há poesia, destacando-se da maneira queele se dispõe na página, cada verso tem um ritmo específico e ocupa uma linha.Essa organização do poema em verso é um traço que define a diferença entre poema e poesia


Afinal qual é a diferença entre poema e poesia?

A poesia usa elementos como padrões sonoros, versos e medidor, dispositivos retóricos, estilo, forma de estrofe ou imagem com mais freqüência do que outros tipos de texto. A poesia é frequentemente associada não apenas a uma linguagem especializada, mas a um uso muito denso dessa linguagem especializada.




Referências
________________. Que literatura para a escola? Que escola para a literatura? Le-tras, Passo Fundo-RS, v. 5, n. 1, jan./jun. 2009
Assunção, Elaine Aparecida de Oliveira. Poesia e música como aprimoramento da leitura no ensino fundamental [manuscrito] / Elaine Aparecida de Oliveira Assunção. – 2018. 310 f., enc. : il., fots., grafs., color. 
https://profletras.letras.ufmg.br/arquivos/POESIA%20E%20M%C3%9ASICA%20COMO%20APRIMORAMENTO%20DA%20LEITURA%20NO%20ENSINO%20FUNDAMENTAL.pdf





Por Blog Caderno de Educação


CompartilheCompartilheCompartilhe
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias públicadas são opinativas, informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Recomendados para Você:

0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar