Publicidade

Livro: Aves Migradoras Autor: Fialho d'Almeida

Aves Migradoras Autor: Fialho d'Almeida


FIALHO D'ALMEIDA
Aves Migradoras 4.o MILHAR

LISBOA LIVRARIA CLÁSSICA EDITORA DE A. M. TEIXEIRA & C.a (FILHOS)
Praça dos Restauradores, 17 1922

PORTO—Imprensa Portuguesa
Rua Formosa, 116

José Valentim Fialho de Almeida nasceu em Vila de Frades, no Alentejo, foi estudar para Lisboa em 1866, ingressou no Colégio Europeu, instituição de ensino que frequentou até 1871. Faz a sua estreia literária em 1873 no jornal Correspondência de Leiria. Interrompidos os estudos por falta de recursos financeiros, começa a trabalhar como praticante de farmácia numa botica lisboeta, situada nas imediações do Campo de Sant’Ana, circunstância de vida que, segundo o próprio relata na sua autobiografia,

Ingressou na Universidade de Lisboa para estudar Medicina, embora a sua verdadeira vocação sempre tenha sido a Literatura. Colaborou em várias publicações periódicas, como O Repórter e Correio da Manhã . Em 1880 fundou a revista A Crónica , onde publicou vários artigos sob o pseudónimo Valentim Demóni

Livros LexiWiki
Veja também
  1. Livro: Miragaia Romance Popular Autor: Almeida Garrett | Download
  2. Livro: Frei Luiz de Sousa Autor: Almeida Garrett
  3. Livro: A cidade do vicio Autor: José Valentim Fialho de Almeida
  4. +50 Livros para Leitura, Vestibular, ENEM e Concursos


Caderno de Educação

Confira:

👉 Curso de Psicoterapia


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em sua s Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens Sugeridas, Relacionadas e Anúncios

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.
 
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade | LexiWiki

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.