Publicidade

O Juiz de Paz da Roça Luís Carlos Martins Pena

 Título:    O Juiz de Paz da Roça

Autor:    Luís Carlos Martins Pena   

Categoria:    Literatura

Idioma:    Português

O Juiz de Paz da Roça Luís Carlos Martins Pena



O JUIZ DE PAZ DA ROÇA
Martins Pena
Comédia em 1 ato
Personagens
JUIZ DE PAZ
ESCRIVÃO DO JUIZ DE PAZ
MANUEL JOÃO, lavrador (guarda nacional).
MARIA ROSA, sua mulher.
ANINHA. sua filha.
JOSÉ (DA FONSECA), amante de Aninha.
Lavradores:
INÁCIO JOSÉ
JOSÉ DA SILVA
FRANCISCO ANTÔNIO
MANUEL ANDRÉ
SAMPAIO
TOMÁS
JOSEFA.
GREGÓRIO
(Negros) 

O Juiz de Paz da Roça	Luís Carlos Martins Pena

Obras principais - Fonte: Wikipedia
Comédias
  • Luís Carlos Martins Pena - O Juiz de Paz na Roça, comédia em 1 ato (escrita em 1837, representada pela primeira vez em 04/10/1838 e publicada em 1842)
  • Luís Carlos Martins Pena - Um Sertanejo na Corte (incompleta, escrita entre 1836 e 1838)
  • Luís Carlos Martins Pena - A família e a festa da roça, comédia em 1 ato (escrito em 1837, em 01/09/1840 foi a primeira representação e a publicação foi em 1842)
  • Luís Carlos Martins Pena - O judas em sábado de aleluia, comédia em 1 ato (escrito em 1844, primeira representação em 07/04/1844 e publicada em 1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - O namorador ou A noite de São João, comédia em 1 ato (escrita em 1844, representada em 13/03/1845)
  • Luís Carlos Martins Pena - Os três médicos (escrita em 1844, representada em 03/06/1845)
  • Luís Carlos Martins Pena - A barriga do meu tio (escrita em 1846 e representada em 17/12/1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - Os ciúmes de um pedestre ou O terrível capitão do mato (escrita em 1845, representada em 05/07/1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - O Diletante (escrita em 1844, representada em 25/02/1845 e publicada em 1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - O Cigano (escrita em 1845, representada em 15/07/1845)
  • Luís Carlos Martins Pena - Os meirinhos (escrita em 1845, representada em 14/02/1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - Um segredo de estado (escrita provavelmente em 1846 e representada em 29/07/1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - O caixeiro da taverna (escrita em 1845, representada em 18/11/1845, publicada em 1847)
  • Luís Carlos Martins Pena - Os irmãos das almas (escrita em 1844, representada em 17/11/1844 e publicada em 1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - As Casadas Solteiras (escrita em 1845, representada em 18/11/1845)
  • Luís Carlos Martins Pena - As Desgraças de uma Criança (escrita em 1845, representada em 10/05/1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - Quem casa, quer casa, provérbio em 1 ato (escrita em 1845, representada em 05/12/1845, publicada em 1847)
  • Luís Carlos Martins Pena - O noviço, comédia em 3 atos (escrita em 1845, representada em 10/08/1845, publicada em 1853)
  • Luís Carlos Martins Pena - O Usurário (escrita em 1846)
  • Luís Carlos Martins Pena - Os dois ou O inglês maquinista (escrita provavelmente em 1842, representada pela primeira vez em 28/01/1845 e publicada em 1871)
  • Luís Carlos Martins Pena - O Jogo de Prendas, não foi representada, nem publicada.


Caderno de Educação

Confira:

👉 Curso de Psicoterapia


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em sua s Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens Sugeridas, Relacionadas e Anúncios

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.

 
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.