Publicidade

A Pianista Machado de Assis

 Título:    A Pianista

Autor:    Machado de Assis   

Categoria:    Literatura

Idioma:    Português


A Pianista Machado de Assis


Download

A Pianista, de Machado de Assis


Fragmento do Texto


Tinha vinte e dois anos e era professora de piano. Era alta, formosa, morena e modesta.

Fascinava e impunha respeito; mas através do recato que ela sabia manter sem cair na

afetação ridícula de muitas mulheres, via-se que era uma alma ardente e apaixonada,

capaz de atirar-se ao mar, como Safo ou de enterrar-se com o seu amante, como

Cleópatra.

Ensinava piano. Era esse o único recurso que tinha para sustentar-se e a sua mãe, pobre

velha a quem os anos e a fadiga de uma vida trabalhosa não permitiam já tomar parte nos

labores de sua filha.

Malvina (era o nome da pianista) era estimada onde quer que fosse exercer a sua

profissão. A distinção de suas maneiras, a delicadeza de sua linguagem, a beleza rara e

fascinante, e mais do que isso, a boa fama de mulher honesta acima de toda a

insinuação, tinha-lhe granjeado a estima de todas as famílias.

Era admitida nos saraus e jantares de família, não só como pianista, mas ainda como

conviva elegante e simpática, sendo que ela sabia pagar com a mais perfeita distinção as

atenções de que era objeto.

Nunca se lhe desmentira a estima que em todas as famílias encontrava. Essa estima

estendia-se até à pobre Teresa, sua mãe, que participava igualmente dos convites que

faziam a Malvina.

O pai de Malvina morrera pobre, deixando à família a lembrança honrosa de uma vida

honrada. Era um pobre advogado sem carta, que, à custa de longa prática, conseguira

poder exercer as funções da advocacia com tanto sucesso como se houvera cursado os

estudos acadêmicos. O mealheiro do pobre homem foi sempre um tonel das Danaides,

escoando-se por um lado o que entrava por outro, graças às necessidades de honra que

o mau destino lhe deparava. Quando pretendia começar a fazer pecúlio para garantir o

futuro da viúva e da órfã que deixasse, deu a alma a Deus.

Tinha, além de Malvina, um filho, principal causa dos danos pecuniários que sofreu; mas

esse, mal faleceu o pai, abandonou a família, e vivia, na época desta narrativa, uma vida

de opróbrio.

Era Malvina o único amparo de sua velha mãe, a quem amava com um amor de

adoração.

* * *

A Pianista Machado de Assis

>> Série 10+ Machado de Assis. Confira!

  1. A Chinela Turca Machado de Assis
  2. Helena Machado de Assis
  3. Esaú e Jacó Machado de Assis
  4. A Pianista Machado de Assis
  5. Memórias Póstumas de Brás Cubas Machado de Assis
  6. Dom Casmurro Machado de Assis
  7.  A Mão e a Luva Machado de Assis 
  8. O Alienista Machado de Assis
  9.  A Cartomante Machado de Assis
  10. O Espelho Machado de Assis


Caderno de Educação

Confira 5 cursos sugeridos pelo site:

👉 Curso de Educação Infantil
👉 Curso de Jardinagem e Paisagismo
👉 Curso de Psicoterapia
👉 Curso de Escrita e Redação
👉 Curso de Empreendedorismo




Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens Sugeridas, Relacionadas e Anúncios

0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar