Publicidade

Livro: O Ateneu de Raul Pompéia | Leitura para ENEM e Vestibular


Título: 
 
  O Ateneu

Autor:    Raul Pompéia

Categoria:    Literatura

Idioma:    Português

O Ateneu Raul Pompéia

O Ateneu é um romance do escritor brasileiro Raul Pompeia, considerado como o único exemplar de romance impressionista na literatura brasileira

RAUL POMPÉIA  

Estudou direito, militou nos movimentos abolicionistas, colaborou na Gazeta de Notícias, envolveu-se em diversas polêmicas (até num duelo com Olavo Bilac) e suicidou-se numa noite de Natal aos 32 anos.

Elaborado a partir das recomendações do autor.

Estilo realista ao apresentar problemas como homossexualismo, teorias científicas, dependência e outros.

Traz como subtítulo: “Crônicas de Saudades”.

Riqueza de vocabulário, impressionismo isto é, não retrata a realidade diretamente, mas sim, a impressão que essa produz no seu espírito.

Desenhos sobre o Ateneu pelo próprio autor. 

O Ateneu (1888)

Resumo da Obra: Sérgio é recebido por Aristarco, diretor do colégio, retratado por vários aspectos negativos; casado com D. Ema, mulher que Sérgio se apaixonou platonicamente.

É relatado o excesso de autoridade, as travessuras e os sofrimentos findando-se com o incêndio do colégio provocado pelo revoltado Américo. 
Aristarco, o diretor do colégio Ateneu


Livro: O Ateneu de Raul Pompéia | Leitura para ENEM e Vestibular







Caderno de Educação

Confira:

👉 Curso de Psicoterapia


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em sua s Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens Sugeridas, Relacionadas e Anúncios

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.

 
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.