Publicidade

A Carta do Descobrimento do Brasil Pero Vaz de Caminha

A Carta do Descobrimento do Brasil Pero Vaz de Caminha


Título:    A Carta do Descobrimento do Brasil 

Autor:    Pero Vaz de Caminha   

Categoria:    Literatura

Idioma:    Português






Fragmento

A Carta
Pero Vaz de Caminha
Senhor,
posto que o Capitão-mor desta Vossa frota, e assim os outros capitães escrevam a Vossa Alteza a
notícia do achamento desta Vossa terra nova, que se agora nesta navegação achou, não deixarei de
também dar disso minha conta a Vossa Alteza, assim como eu melhor puder, ainda que -- para o bem
contar e falar -- o saiba pior que todos fazer!
Todavia tome Vossa Alteza minha ignorância por boa vontade, a qual bem certo creia que, para
aformosentar nem afear, aqui não há de pôr mais do que aquilo que vi e me pareceu.
Da marinhagem e das singraduras do caminho não darei aqui conta a Vossa Alteza -- porque o não
saberei fazer -- e os pilotos devem ter este cuidado.
E portanto, Senhor, do que hei de falar começo:
E digo quê:
A partida de Belém foi -- como Vossa Alteza sabe, segunda-feira 9 de março. E sábado, 14 do dito
mês, entre as 8 e 9 horas, nos achamos entre as Canárias, mais perto da Grande Canária. E ali andamos
todo aquele dia em calma, à vista delas, obra de três a quatro léguas. E domingo, 22 do dito mês, às
dez horas mais ou menos, houvemos vista das ilhas de Cabo Verde, a saber da ilha de São Nicolau,
segundo o dito de Pero Escolar, piloto.
Na noite seguinte à segunda-feira amanheceu, se perdeu da frota Vasco de Ataíde com a sua nau, sem
haver tempo forte ou contrário para poder ser !
Fez o capitão suas diligências para o achar, em umas e outras partes. Mas... não apareceu mais !
E assim seguimos nosso caminho, por este mar de longo, até que terça-feira das Oitavas de Páscoa,
que foram 21 dias de abril, topamos alguns sinais de terra, estando da dita Ilha -- segundo os pilotos
diziam, obra de 660 ou 670 léguas -- os quais eram muita quantidade de ervas compridas, a que os
mareantes chamam botelho, e assim mesmo outras a que dão o nome de rabo-de-asno. E quarta-feira
seguinte, pela manhã, topamos aves a que chamam furabuchos.


A Carta do Descobrimento do Brasil Pero Vaz de Caminha

>> 10+ Clássicos da Literatura Brasileira que os usuários estão lendo!

1 - A Moreninha Joaquim Manuel de Macedo 
2 - 
Diva José de Alencar
3 - Juca-Pirama Antônio Gonçalves Dias
4 - O Navio Negreiro Antônio Frederico de Castro Alves
5 - A Alma Encantadora das Ruas João do Rio
6 - Memórias Póstumas de Brás Cubas Machado de Assis
7 - O triste fim de Policarpo Quaresma Lima Barreto
8 - O Guarani José de Alencar
9 - Iracema José de Alencar
10 - Canção do Exílio Antônio Gonçalves Dias


Caderno de Educação

Confira 5 cursos sugeridos pelo site:

👉 Curso de Educação Infantil
👉 Curso de Jardinagem e Paisagismo
👉 Curso de Psicoterapia
👉 Curso de Escrita e Redação
👉 Curso de Empreendedorismo




Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens Sugeridas, Relacionadas e Anúncios

0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar