Publicidade

Poema: Se a morte me chamar...

Se a morte me chamar


Com a mão estendida
E sussurre suavemente de
“Uma terra desconhecida”
Não terei medo de ir,
Pois embora o caminho que eu não conheça,
Eu pego a Mão da Morte sem medo,
Pois Aquele que me trouxe com segurança aqui
Também vai me levar de volta em segurança.
E embora em muitas coisas eu falte,
Ele não vai me deixar ir sozinha
Para o "vale desconhecido" ...
Então eu estendo a mão e pego a mão da morte
E viaje para a "Terra Prometida".

-Autor desconhecido

Se a morte me chamar

  1. Deixa-me! Fagundes Varella.
  2. Construindo uma alma, autor desconhecido
  3. É ELA! É ELA! É ELA! É ELA!Álvares Azevedo,


Caderno de Educação

Confira:

👉 Curso de Psicoterapia


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em sua s Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens Sugeridas, Relacionadas e Anúncios

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.

 
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar