Publicidade

Beautiful Blue Danube Walzer Johann Strauss

Beautiful Blue Danube Walzer Johann Strauss

Em sua vida, ele era conhecido como "O Rei da Valsa" e foi o grande responsável pela popularidade da valsa em Viena durante o século XIX. 


Em Beautiful Blue Danube é uma celebração do cenário da cidade e do grande rio que atravessa Viena em seu caminho (eventualmente) para o Mar Negro. 

Em um sentido mais amplo, esta valsa é uma celebração da própria Viena.

Na década de 1870, Strauss e sua orquestra viajaram pelos Estados Unidos, onde ele participou do Festival de Boston a convite do maestro Patrick Gilmore e foi o maestro principal em um "Monster Concert" com mais de 1000 artistas (ver Jubileu da Paz Mundial e International Musical Festival ), apresentando sua valsa "Blue Danube", entre outras peças, com grande aclamação. (Wikipedia).


New York Public Library Archives, Public Domain, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=16242395
Strauss By Reichard und Lindner, Berlin - 

A obra


O Danúbio Azul , como ficou conhecido, começa com uma lenta introdução cheia de rico som de trompas e violoncelos, e gradualmente isso se transforma na valsa de abertura. 

São na verdade cinco sequências de valsa diferentes no Danúbio Azul , cada uma com uma personagem. 

Essas valsas - alternadamente graciosas, animadas e sempre elegantes - precisam de pouco descrição: esta é uma música simplesmente para desfrutar, e no final Strauss leva suas danças a um a leveza.

Veja abaixo a a partitura da Obra





Por Blog Caderno de Educação


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.


0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar