Publicidade

[IDHTEC] 25 questões de Agente Comunitário de Saúde, com gabarito


[IDHTEC] 25 questões de Agente Comunitário de Saúde, com gabarito



25 QUESTÕES DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

16 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Na história natural das doenças de Leavell e Clark, 1950; a incapacidade residual refere-se a que nível de prevenção?

A. Proteção específica B. Tratamento precoce C. Limitação do dano D. Diagnóstico E. Reabilitação

17 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Uma dieta adequada é aquela que atende a necessidade nutricional de cada indivíduo, devendo ser, EXCETO:

A. Saborosa B. Variada C. Dissonante D. Equilibrada E. Segura microbiologicamente

18 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Refere-se aos roteiros adequados de uma visita domiciliar, EXCETO:

A. Reunir todos os dados pesquisados com a solicitação sobre o paciente ou a família que será visitada pela primeira vez, através de formulário: idade, sexo, motivo da solicitação, sinais e sintomas que o paciente apresenta e condições atuais; endereço correto e formas de contato (telefone, outros)
B. Revisar o produto do paciente já cadastrado, para inteirar-se de dados que podem ser úteis.
C. A partir do formulário de registro da solicitação, estabelecer o espaço de tempo em que deve ser realizada a visita, sendo padronizadas em no mínimo 15 minutos, e ainda em 30 ou 45 minutos.
D. Avaliar qual o profissional da equipe é indicado para avaliar a situação trazida, e se há necessidade de mobilizar outros recursos – da equipe ou externo.
E. Execução da visita com registro de dados mediante formulário de visita domiciliar.

19 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) A Vacina influenza (fracionada, inativada) é realizada anualmente para prevenção da doença. Pode ser administrada antes da exposição ao vírus e é capaz de promover imunidade efetiva e segura durante o período de circulação sazonal do vírus. São indicações para vacinação, EXCETO:
A. Crianças com idades de 6 meses a menos de 2 anos.
B. Gestantes.
C. Mães até 6 meses após o parto, amamentando.
D. Trabalhador de saúde que exerce atividades de promoção e assistência à saúde, atuando na recepção, no atendimento e na investigação de casos de infecções respiratórias, nos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade, cuja ausência compromete o funcionamento desses serviços.
E. Povos indígenas: para toda a população indígena, a partir dos 6 meses de idade.

20 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Quanto aos reservatórios da doença meningocócica é INCORRETO afirmar:
A. O homem é o principal reservatório, sendo a nasofaringe o local de colonização do microrganismo.
B. A colonização assintomática da nasofaringe pela N. meningitidis caracteriza o estado de portador que ocorre frequentemente, chegando a ser maior que 10% em determinadas faixas etárias nos períodos endêmicos, podendo o indivíduo albergar o meningococo por período prolongado.
C. As taxas de incidência de portadores são maiores entre adolescentes e adultos jovens e em camadas socioeconômicas menos privilegiadas.

D. Modo de transmissão é o contato direto pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias de pessoas infectadas, assintomáticas ou doentes.
E. A transmissão por fômites também é importante, acometendo 25 a 30% dos casos.

21 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Para efeito de controle, considera-se que o período de transmissão da coqueluche se estende, em média, do:
A. 7º dia após a exposição do doente até a 6ª semana do início das crises paroxísticas (acessos de tosse típicos da doença).
B. 1º dia após a exposição do doente até a 1ª semana do início das crises paroxísticas (acessos de tosse típicos da doença).
C. 3º dia após a exposição do doente até a 6ª semana do início das crises paroxísticas (acessos de tosse típicos da doença).
D. 5º dia após a exposição do doente até a 3ª semana do início das crises paroxísticas (acessos de tosse típicos da doença).
E. 10º dia após a exposição do doente até a 5ª semana do início das crises paroxísticas (acessos de tosse típicos da doença).

22 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) NÃO é um fatores de risco para o tétano neonatal:
A. Baixas coberturas da vacina antitetânica em mulheres em idade fértil (MIF).
B. Mães com obesidade ou baixo peso.
C. Partos domiciliares assistidos por parteiras tradicionais ou outros indivíduos sem capacitação e sem instrumentos de trabalho adequados.
D. Oferta inadequada de pré-natal em áreas de difícil acesso.
E. Baixa qualificação do pré-natal.

23 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Os fatores ambientais, populacionais e de serviços, que devem ser considerados para definição e delimitação de áreas de risco da cólera, são, EXCETO:
 A. Falhas na operacionalização e distribuição de água para consumo humano.
B. Solos baixos e alagadiços que permitem a contaminação da água por materiais fecais (principalmente em áreas sujeitas a ciclos de cheias e secas);
C. Densidade populacional baixa.
D. Populações confinadas (em presídios, asilos, orfanatos, hospitais psiquiátricos, quartéis, entre outros locais).
E. Áreas periportuárias, ribeirinhas e ao longo de eixos rodoviários e ferroviários.

24 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) São medidas de proteção individual para doenças causadas por mosquitos, EXCETO:
A. Roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia, quando os mosquitos são mais ativos.
B. Repelentes compostos por DEET, IR3535 ou Icaridin que devem sempre ser aplicados na pele exposta ou não.
C. A utilização de mosquiteiro proporciona boa proteção.
D. Para redução das picadas por mosquitos em ambientes fechados, o uso de inseticidas domésticos em aerossol, espiral ou vaporizador.
E. Instalação de estruturas de proteção no domicílio, como telas em janelas e portas.

25 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) As formas crônicas da Esquistossomose Mansoni acometem geralmente:

A. Fígado B. Região nasofaríngea C. Região cardiovascular D. Pulmão E. Intestino

26 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) O escorpião-amarelo do Nordeste é do tipo:

A. Tityus stigmurus B. Tityus serrulatus C. Tityus bahiensis D. Tityus obscurus E. Tityus cambridgei

27 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Os dentes de leite são em número de:
A. 20, sendo 8 incisivos, 4 caninos, 8 pré-molares.
B. 20, sendo 8 incisivos, 4 caninos e 8 molares.
C. 16, sendo 8 incisivos, 4 caninos e 4 molares.
D. 28, sendo 8 incisivos, 4 caninos, 8 pré-molares e 8 molares.
E. 32, sendo 8 incisivos, 4 caninos, 8 pré-molares e 12 molares.

28 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Entre os riscos com maiores relações com crianças quando começa a engatinhar ou a andar, estão, EXCETO:
A. Sufocação com sacos plásticos.
B. Choques em fios e tomadas.
C. Mordeduras e picadas por animais peçonhentos.
D. Quedas de árvores, muros, brinquedos de velocidade (patins, bicicletas e skates).
 E. Ingestão ou inalação de pequenos objetos (moedas, clips, tampinhas).

29 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) O ACS pode atuar de duas formas: Junto às pessoas que não têm o diagnóstico de hipertensão, mas possuem os fatores de risco; e Em relação às pessoas, com diagnóstico de hipertensão. São ações sugeridas para o primeiro caso, EXCETO:
A. Estimular a adoção de hábitos alimentares saudáveis, com baixo teor de sal, baseados em frutas, verduras, derivados de leite desnatado.
B. Orientar a redução do consumo de bebidas alcoólicas ou seu abandono.
C. Estimular a realização de atividades físicas regulares a serem iniciadas de forma gradativa.
D. Verificar regularmente a pressão arterial e utilizar corretamente a medicação (Bloqueadores dos canais de cálcio e inibidores da enzima conversora da angiotensina).
E. Orientar para o agendamento de consulta na UBS.

30 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) São papéis do ACS em relação ao câncer de próstata, EXCETO:
A. Promover reuniões para discutir o tema, desmistificando a realização do exame de toque, que será necessário em alguns casos.
B. Discutir também o tema com as mulheres para que possam conversar com seus parceiros, companheiros, irmãos.
C. Orientar para que os homens com mais de 50 anos fiquem atentos a sintomas urinários.
D. Orientar para que os homens com mais de 40 anos com histórico familiar de câncer de próstata procurem a UBS.
E. Conscientizar os homens de que diante de algum problema urinário seja procurada a unidade.

31 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Na coleta seletiva, a lixeira laranja é utilizada para coleta de:
A. Vidro B. Metal C. Resíduos perigosos D. Resíduos radioativos E. Resíduos orgânicos

32 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) São atribuições do agente de saúde, EXCETO:
A. Realizar mapeamento de cada micro-área.
B. Cadastrar as famílias.
C. Visitar cada domicílio pelo menos um vez a cada 2 meses.
D. Estimular a comunidade para práticas que proporcionem melhores condições de saúde e de vida.
E. Fazer a ligação entre as famílias e o serviço de saúde.

33 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) São reservatórios da Leishmaniose Tegumentar Americana, EXCETO:

A. Tatu B. Tamanduá C. Mosquito palha D. Gambá E. Roedores

34 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Dentre os fatores de risco que podem contribuir para a gravidez atual estão os interligados a história reprodutiva anterior, dos quais é INCORRETO afirmar:
 A. Morte perinatal explicada ou inexplicada.
B. Recém-nascido com restrição de crescimento, prétermo ou malformado.
C. Intervalo interpartal menor que um ano ou maior que três anos.
D. Nuliparidade e multiparidade. E. Síndromes hemorrágicas.

35 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) A cadeia epidemiológica é composta por, EXCETO:
A. Fonte de infecção B. Via de eliminação C. Meio de transmissão D. Porta de entrada E. Controle e cura

36 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) São cuidados importantes com a camisinha, EXCETO: A. Carregar permanentemente a camisinha na carteira, bolso da calça, agenda, para estar sempre disponível quando preciso. B. Não abrir a embalagem com os dentes, unha ou tesoura, a embalagem já vem picotada nas laterais para facilitar sua abertura. C. Não usar lubrificantes oleosos, como vaselina ou manteiga. D. Nunca se deve usar duas camisinhas ao mesmo tempo, nem masculina com feminina, nem duas masculinas, nem duas femininas, pois o risco de rompimento é maior. E. Verificar o prazo de validade e se tem o selo do Inmetro, que determina a qualidade da camisinha.

37 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Sobre as orientações aos familiares, idosos e/ou cuidadores quanto a cuidados com o uso adequado da medicação é INCORRETO afirmar:
A. Colocar os medicamentos em uma caixa com tampa (plástica ou de papelão) ou vidro com tampa, tomando o cuidado de usar caixas diferentes para medicamentos dados pela boca (via oral), para material de curativo e para material e medicamentos para inalação.
B. Verificar com o médico a possibilidade de dar os medicamentos em horários padronizados, como: café da manhã, almoço e jantar.
C. Deixar somente a última receita médica na caixa de medicamentos, isso pode evitar confusão quando há troca de medicamentos ou de receitas e facilita a consulta em caso de dúvidas.
D. Usar como referência cor e tamanho do comprimido, para facilitar memorização do idoso.
E. Ter sempre segurança quanto à quantidade no caso de medicamentos líquidos. Nunca substituir as colheres- medida ou o conta-gotas que vieram junto com o medicamento.

38 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Caracterizam o crescimento do corpo humano, EXCETO:
A. Representa o desenvolvimento físico.  B. É expressão da hiperplasia e hipertrofia celulares.
C. Capacidade de uma criança de realizar tarefas cada vez mais complexas (novas habilidades).
D. É quantitativo: avaliação do peso e altura da criança.
E. Um dos indicadores de saúde mais importantes da criança.

39 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) O primeiro sinal da puberdade masculina é:
A. Aumento do volume dos testículos;
B. Surgimento dos pelos pubianos;
C. Aumento do pênis em comprimento e espessura;
D. Surgimento de pelos axilares e faciais; E. Mudança da voz: estimulação androgênica

40 – (IDHTEC/BaixaVerde/2019) Sobre a reorganização do processo de trabalho das equipes na Atenção Básica de Saúde é INCORRETO afirmar:
A. Território único deve direcionar a integração do processo de trabalho entre a equipe de Atenção Básica e a Vigilância em Saúde.
B. O planejamento deve reorganizar a territorialização e os processos de trabalho de acordo com a realidade local.
C. A gestão deve definir o território de responsabilidade de cada equipe.
D. Cada equipe deve conhecer o território de atuação para programar suas ações de acordo com o perfil e as necessidades da comunidade.
E. Possibilidade, de acordo com a necessidade e conformação do território, através de pactuação e negociação entre gestão e equipes, que o usuário possa ser sempre atendido dentro de sua área de cobertura, para manter o diálogo e a informação com a equipe de referência.

Gabarito

[IDHTEC] 25 questões de Agente Comunitário de Saúde, com gabarito



Destaques:

Por Blog Caderno de Educação


CompartilheCompartilheCompartilhe
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Recomendados para Você:

0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar