Profissões: Técnico de Radiologia


Técnico de Radiologia


Talvez você esteja se perguntando: Qual é minha profissão ideal? O Técnico de Radiologia  é uma pessoa qualificada por uma formação técnica para prestar serviços ao paciente em hospitais, consultórios médicos e centros de imagem e similares. Essa formação se dá com a realização de um curso técnico em radiologia.

Um Técnico de Radiologia  usa equipamento de raio-x para produzir imagens de tecidos, órgãos, ossos e vasos do corpo.  Já a conclusão especializada de um curso, como tecnólogo, por exemplo, pode permitir que o técnico de radiologia tenha a oportunidade de atuar em outras áreas mais complexas.

Os técnicos radiológicos não apenas estão envolvidos na operação de equipamentos radiológicos, mas também realizam outras tarefas. Eles preparam e mantêm os registros do paciente, acompanham as imagens dos pacientes e analisam imagens para qualidade de diagnóstico. 

Regulamentação da Profissão de Técnico em Radiologia

No Brasil a Lei 7.394/1985 regula o Exercício da Profissão de Técnico em Radiologia, e dá outras providências.

De acordo com o Art. 1º os preceitos desta Lei regulam o exercício da profissão de Técnico em Radiologia, conceituando-se como tal todos os Operadores de Raios X que, profissionalmente, executam as técnicas:

  • I - radiológica, no setor de diagnóstico;
  • II - radioterápica, no setor de terapia;
  • III - radioisotópica, no setor de radioisótopos;
  • IV - industrial, no setor industrial;
  • V - de medicina nuclear.

Um  Técnico em Radiologia é um profissional capacitado que fornece um serviço especializado de saúde. Esta gratificante profissão envolve a operação de sofisticados equipamentos em um campo em rápida expansão. Se você acha que tem vocação procure cursos como: Senac, Pronatec e outros
Publicidade

Como está o mercado de trabalho do Técnico em Radiologia?


Na área da saúde, onde é mais requisitado, o técnico em radiologia desempenha um papel importante na equipe como  no uso de radiografias para diagnóstico e tratamento. Um técnico radiológico está qualificado para trabalhar em hospitais, consultórios médicos, projetos de saúde pública, clínicas médicas industriais e hospitais militares. É comum a realização de concursos públicos para o cargo de técnico em radiologia.

Condições para o exercício da profissão de Técnico em Radiologia:


O legislador no art. 2º da Lei 7.394/85 definiu que são condições para o exercício da profissão de Técnico em Radiologia:

  • I - ser portador de certificado de conclusão de 1º e 2º Graus, ou equivalente, e possuir formação profissional por intermédio de Escola Técnica de Radiologia, com o mínimo de 3 (três) anos de duração;
  • I – ser portador de certificado de conclusão do ensino médio e possuir formação profissional mínima de nível técnico em Radiologia;(Redação dada pela Lei nº 10.508, de 10.7.2002)
  • II - possuir diploma de habilitação profissional, expedido por Escola Técnica de Radiologia, registrado no órgão federal (vetado).


Como é um curso de Técnico de Radiologia?

Ainda, de acordo com o art.2° da lei as Escolas Técnicas de Radiologia só poderão ser reconhecidas se apresentarem condições de instalação satisfatórias e corpo docente de reconhecida idoneidade profissional, sob a orientação de Físico Tecnólogo, Médico Especialista e Técnico em Radiologia, conforme art. 4º sendo que:

  • Os programas serão elaborados pela autoridade federal competente e válidos para todo o Território Nacional, sendo sua adoção indispensável ao reconhecimento de tais cursos. (§ 1º - )
  • Em nenhuma hipótese poderá ser matriculado candidato que não comprovar a conclusão de curso em nível de 2º Grau ou equivalente. (§ 2º - )
  • O ensino das disciplinas será ministrado em aulas teóricas, práticas e estágios a serem cumpridos, no último ano do currículo escolar, de acordo com a especialidade escolhida pelo aluno. (§ 3º - )

A Radiografia é a utilização de raios X ou equipamentos de produção de raios X em seres humanos para para fins de diagnóstico sob a supervisão de um profissional. A prática inclui, mas não se limita a: medir e posicionar pacientes; selecionar e configurar a exposição fatores sobre o equipamento de raios-x, e a realização da exposição aos raios X; o desempenho da qualidade testes de controle.

Estágios do curso de Técnico em Radiologia


Outro aspecto importante da formação em radiologia definida pela lei está relacionada com os estágios. De acordo com o art. 5º - Os centros de estágio serão constituídos pelos serviços de saúde e de pesquisa físicas, que ofereçam condições essenciais à prática da profissão na especialidade requerida.


A admissão à 1ª série da Escola Técnica de Radiologia, segundo o art. 6º  dependerá: I - do cumprimento do disposto no § 2, do Art. 4, desta Lei; II - de aprovação em exame de saúde, obedecidas as condições estatuídas no parágrafo único, do Art. 46, do Decreto número 29.155, de 17 de janeiro de 1951 e determina o art. 8º que os diplomas expedidos por Escolas Técnicas de Radiologia, devidamente reconhecidos, têm âmbito nacional e validade para o registro de que trata o inciso II, do Art. 2, desta Lei e sendo concedido o diploma, fica o Técnico em Radiologia obrigado a registrá-lo, nos termos desta Lei, conforme Parágrafo único.

Os trabalhos de supervisão das aplicações de técnicas em radiologia, em seus respectivos setores, são da competência do Técnico em Radiologia. (Art. 10 )

Jornada de Trabalho do Técnico em Radiologia


Um tema de extrema importância regulado na lei, no art. 14 foi a jornada de trabalho dos profissionais abrangidos por esta Lei será de 24 (vinte e quatro) horas semanais (vetado) e, ainda, na forma do art. 16 o salário mínimo dos profissionais, que executam as técnicas definidas no Art. 1º desta Lei, será equivalente a 2 (dois) salários mínimos profissionais da região, incidindo sobre esses vencimentos 40% (quarenta por cento) de risco de vida e insalubridade. (Vide ADPF nº 151/DF)



Neste vídeo é possível acompanhar a história da Radiologia


De cordo com o SENAC SP o Curso Técnico em Radiologia visa Habilitar o aluno para atuar na aquisição, processamento e manipulação de imagens analógicas e digitais, no posicionamento dos pacientes submetidos a exames radiográficos, bem como na correta aplicação das normas de biossegurança e de proteção radiológica. 

Algumas habilidades do técnico de radiologia


  1. • Diagnóstico por Imagem 
  2. • ressonância magnética 
  3. • Tomografia computadorizada
  4. • Entrada de pedido RMS / IDX Carecast / TDS
  5. • Procedimentos de fluoroscopia 
  6. • ultra-som; Raios-X; avaliação de filmes 
  7. • proteção contra radiação 
  8. • Procedimentos radiográficos diagnósticos completos 
  9. • Realizar ultra-sons, ressonâncias magnéticas, tomografias computadorizadas, radiografias, radiografias portáteis e procedimentos fluoroscópicos 
  10. • Servir uma carga de trabalho diversa, incluindo recém-nascidos, bebês, crianças, adolescentes, adultos e pacientes geriátricos 
  11. • Interpretar dados e fornecer recomendações para otimizar o atendimento ao paciente 
  12. • Sistemas de radiologia / informação hospitalar



Eles também podem manter arquivos em papel ou eletrônicos, agendar compromissos, preparar horários de trabalho e, em geral, gerencie os departamentos ou instalações de radiologia. Boa saúde, estabilidade emocional e um sincero desejo de trabalhar com os doentes e deficientes são qualificações importantes para esta profissão. 

Técnico de Radiologia pode servir em outras capacidades, tais como: 

• Assessores técnicos e especialistas em aplicações
• Representantes de equipamentos radiológicos e fabricantes de suprimentos 
• Governo Federal e Forças Armadas 
• Saúde pública, instituições de ensino e clínicas

Técnico de Radiologia

15 competências que importantes para o técnico de radiologia segundo a UC BLUE ASH COLLEGE


  1. • Conhecimento de padrões radiológicos, requisitos e regulamentos. 
  2. • Conhecimento das políticas e regulamentações de segurança radiológica, limpeza e controle de infecções. 
  3. • Conhecimento de uso e manutenção de equipamentos radiológicos. 
  4. • Precisão - Capacidade de executar o trabalho com precisão e profundidade.
  5. • Comunicação - Capacidade de comunicar de forma eficaz verbalmente e por escrito. 
  6. • Domínio da informática - Proficiente capacidade de usar um computador e registro médico eletrônico. 
  7. • Confidencialidade - Manter confidencialidade do paciente, da equipe e do empregador. 
  8. Cumprir com todos os regulamentos. 
  9. • Atendimento ao cliente orientado - amigável, alegre e útil para pacientes e outros. 
  10. Capacidade para atender aos pacientes e outras necessidades enquanto segue as políticas e procedimentos. 
  11. • Orientado a Detalhes - Capacidade de prestar atenção aos mínimos detalhes de um projeto ou tarefa.
  12.  • Flexibilidade - Capacidade de se adaptar facilmente às mudanças nas condições e responsabilidades no trabalho. 
  13. • Positividade - Exibe uma atitude positiva e é um agente positivo para a mudança. 
  14. • Trabalho em equipe - Trabalhe como parte de uma equipe e colabore com os colegas de trabalho. 
  15. • Trabalhando sob pressão - Capacidade de completar tarefas atribuídas em situações estressantes

O curso técnico radiologia é uma opção alternativa para trabalho. Como esta o mercado de trabalho para tecnico em radiologia? É uma pergunta pelo internauta. Hoje na internet é possível encontrar até mesmo cursos gratuitos de técnico em radiologia. Também há nas faculdades o curso de Tecnólogo em Radiologia.


Obs. Esta postagem apenas apresenta informações gerais sobre a profissão. Procure se informar com profissionais especializados ou nos órgãos que regulam a profissão.




Por Blog Caderno de Educação - CDEDU


Compartilhe Compartilhe Compartilhe Compartilhe .
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação - CDEDU visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias públicadas são opinativas, informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Postagens relacionadas, sugeridas e anúncios

0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar