Significado das Palavras

Significado das palavras

A aventura do significado da palavra - O que é uma palavra?

Definição gramatical de Bloomfield:  Uma palavra, então, é uma forma livre, que não consiste inteiramente em (duas ou mais) formas livres menores; Em resumo, uma palavra é uma forma livre mínima .
(Bloomfield 1984: p178)

Vejamos alguns significados de palavras:

  1. Regional: adj. Relativo a, ou própio de uma região (Ferreira 2000)
  2. Congratulações: s.f. pl. Palavras com que alguém se congratula com outrem. (Ferreira 2000)
  3. Retardado: 1. Atrasado;2.demorado, 3. De desenvolvimento inferior ao índice normal para sua idade: sm 4. Indivíduo retardado (Ferreira 2000)
  4. Arquivo: sm. 1. Conjunto de documentos. 2. Lugar ou Móvel onde se guardam esses documentos. 3. inform. Conjunto de dados ou instruções registradas em meio digital, identificado por nome (Ferreira 2000)
  5. Sabatina: s.f. Recapitulação de lições (Ferreira 2000)
  6. Fulgir: v.int. 1. Ter fulgor; resplandecer. 2. Sobressair (Ferreira 2000)


Significado das palavras (contexto amplo)


A Semiótica é o estudo da interpretação de símbolos ou significação. Nos referimos ao significado usando um significante. Nós usamos a linguagem para falar sobre a linguagem, o que pode parecer confuso. Então nós tentamos usar certas palavras com sentidos técnicos muito específicos para explicar as outras palavras.

Frases, frases e proposições


  • enunciado : uma ocorrência real(ou escrever ou…) algo
  • frase : uma abstração, o tipo do que foi dito (1) César invade a Gália
  • proposição : uma abstração adicional, normalmente ignorando algum significado não-literal (2) invadir (César, Gália)
  • interpretação : nossa representação mental (ligada ao nosso conhecimento existente)


Palavras carregam significados diferentes

Membro

  • Pode se referir a um apêndice lateral do tronco dos vertebrados (pernas, nadadeiras, etc.)
  • Cada uma das divisões da frase ou do período, gramaticalmente. 
  • Cada uma das expressões ou partes de uma fórmula química ou matemática. 
  • Aquele que faz parte de um órgão político, de uma sociedade cultural, de uma família, de uma associação etc.: membro da Academia. 

Representações semânticas de palavras

Divide o significado em:
referência : a relação com o mundo / espaço mental
sentido ∗ denotação a parte que distingue o significado de outros significados -  conotação associações culturais ou emocionais

Como podemos representar conceitos?  Como os aprendemos?

∗ Tipicamente as crianças começam por conceitos de sobrecarga ou sobrecarga. Exemplo: Aquele cachorro
referência - o animal ali
sentido - quadrúpede canino domesticado pelo homem
conotação - fiel, amigável, brabo, outros

Semântica Definitiva

• Abordagem lexicográfica padrão à semântica lexical:
Alfaiate = uma pessoa cuja ocupação está fazendo e alterando roupas

• Semântica de definições: prós e contras
Prós: familiaridade (somos ensinados a usar dicionários)
Contras: subjetividade na granularidade de sentido (splitters vs. lumpers) e especificidade de definição circularidade nas definições consistência, reprodutibilidade,…
muitas vezes se concentram na semântica diacrônica (histórica) e não sincrônica (atual)
Publicidade

Paráfrases e tradução

Dizer a mesma coisa com palavras diferentes
Mesma linguagem = paráfrase
Idioma diferente = tradução


Quanto à troca de raízes é possível conceito final passe por noções diferentes em cada língua, como por exemplo (squifosa): asqueroso (via crosta de ferida) e schifosa (nauseante); teimoso (via tema) e testar do(via testa, cabeça). Estas convergências de diferentes caminhos demonstram que a cada fase em que as palavras são remetidas à Enciclopédia (lista 3) elas podem chegar a uma idiomatização final que pode ser atingida por uma outra via. (Coelho, 2010)
  • asqueroso (PORTUGUÊS) asqueroso (ESPANHOL) schifosa (ITALIANO) dégoûtant (FRANCÊS)

Semântica Lexical

A semântica lexical está relacionada com a identificação e representação de itens lexicais. Se quisermos identificar a semântica dos itens lexicais, temos que estar preparados para eventualidade de uma determinada palavra com múltiplas interpretações
Polissemia : tendo múltiplos significados
Monossemia : tendo apenas um significado
Os homônimos são palavras com dois significados não relacionados:
homógrafos : mesma grafia arco vs arco ; manter vs manter
homófonos : mesma pronúncia

Condições Necessárias e Suficientes

Podemos definir palavras em termos de condições. 
Exemplo: Zebra
∗ quadrúpede
∗ animal
∗ preto e branco listrado
∗ herbívoro

Palavras como cafuz, mameluco, cabra, caboclo no Dicionário da terra e da gente do Brasil descrevem em parte as certezas e incertezas dessas denominações. Reproduz-se aqui cafuz: CAFÚS: ocorrem também as formas cafuso, cafusa, cafusio, carafuso; mestiço dennegro e indio, produto afro-americano, em geral de côr muito escura, bruno-café, cabelos grossos e “altos como se a cabeleira fosse artificialmente levantada”. (SOUZA, Bernardino José de. Dicionário da terra e da gente do Brasil)


Podemos usar palavras mesmo que não saibamos suas propriedades?
O que é um carrinho de cachorro ?
O que é um somador de pântano ?

Nas últimas décadas o conceito de viralizar foi revisitado pela comunidade: Ato de tornar algo "viral" significando técnicas de marketing que tentam explorar redes sociais pré-existentes para produzir aumentos exponenciais em conhecimento de marca, com processos similares à extensão de uma epidemia.

Palavras / conceitos estão relacionados de várias maneiras

Podemos também olhar para as palavras (ou mais apropriadamente sentidos) em termos de suas relações com outras palavras.
Hiponímia
Sinonímia
Meronímia

Colecção de membros

A relação entre uma coleção e uma das unidades que compõem
  • árvores florestais
  • ovelha-rebanho
  • peixe-escola
  • livro-biblioteca
  • banda membro
  • músico-orquestra


Domínio (campo léxico)
O domínio em que uma palavra é normalmente usada com esse significado.
  • motorista 1 - o operador de um veículo a motor
  • motorista 2 - alguém que controla animais que puxam um veículo
  • motorista 3 - um jogador de golfe que acerta a bola de golfe com um motorista [golfe]
  • driver 4 - (driver de dispositivo) um programa que determina como um computador
  • comunicar-se com um dispositivo periférico [ciência da computação]
  • condutor 5 - ( ≃ madeira número um) um taco de golfe (uma madeira) com uma face quase vertical que é usado para acertar chutes a mais do tee [golf]

Significado das Palavras

Referencial ou Representacional?

Uma visão do significado é defini-lo em termos de como ele restringe a realidade.
Imagine as situações em que essas sentenças são verdadeiras:
  • Eu dei um tapinha no cachorro.
  • Eu não dei tapinhas no cachorro.
Assumindo que elas foram proferidos ao mesmo tempo, eles são incompatíveis porque eles não podem se referir à mesma situação: a visão referencial .

Mas podemos representar a mesma realidade de maneiras diferentes:
  • Eu tenho fome
  • Estou com fome
As teorias representacionais estão interessadas em como representamos a realidade e como nossas as representações são influenciadas por estruturas conceituais convencionalizadas na linguagem.

Vista referencial

A visão referencial é focada em relações diretas entre expressões (palavras, frases) e coisas do mundo (visão realista).

Representar

A visão representacional é focada em como as relações entre as expressões (palavras, frases) e as coisas no mundo são mediadas pela mente (linguísticas).
Isso dá um modelo mais complexo, mas mais rico.

Referindo vs Não Referente

As expressões de referência são expressões que identificam entidades no mundo (tipicamente nominais )
gato , ano kiiro kaban “aquela bolsa amarela”
Ponte de Londres , Xiao Ming

As expressões não referentes não têm propriedades referenciais
talvez, se, é, mas
Nem todas as letras nominais referem
Isso é um cachorro feio
Se eu tivesse um cachorro

E, claro, tudo isso se torna mais confuso se modelarmos o mundo fictício e nossa interpretação dele como separada das interpretações dos personagens,…

Por que precisamos de uma definição para palavra ?

Realidade psicológica: as pessoas podem dividir a linguagem em palavras Contornos fonológicos: as pessoas pronunciam palavras como unidade
Prática ortográfica: muitos idiomas colocam espaços entre as palavras

Palavras


Travessura, Novidade, Beneditino, Polaca, Acusma, Pendoar, Vicente, Candinha, Privilégio, Construção, Segurança, Cripta, Senhora, Echaporaense, Merenda, Boutique, Asilo, Plum-pudim, Boleco, Enigma, Esquivosa, Onomatopeia, Folheto.

Aproveite esta postagem para estudar para concursos, vestibular, ENEM, Ensino Médio. Elaboração de textos, redação, provas, testes e exames.

*Atualizado em 09/03/2019

Referências
  1. Ferreira, Aurélio Buarque de Holanda. Mini Aurélio Século XXI: O minidicionário da língua portuguesa. 4ª Ed revista e ampliada - Rio de Janeiro. Nova Fronteira 2000
  2. Bloomfield, Leonard. 1984. Léxico Cree-Inglês. Ed. Charles F. Hockett. New Haven: Arquivos da Área de Relações Humanas. ISBN 99954-923-9-3
  3. COELHO, Heloísa Macedo.“Correspondências entre sufixos em palavras complexas: um levantamento em quatrolínguas românicas” /Heloísa Macedo Coelho. - Rio de Janeiro: UFRJ/ Faculdade deLetras, 2010
  4. Francis Bond Detecting Meaning with Sherlock Holmes ∗ Theories of meaning and the meaning of words http://compling.hss.ntu.edu.sg/courses/hg8011/pdf/hg8011-02-words.pdf acessado em 09/03/2019
  5. Yehoshua Bar-Hillel. 1954. Expressões indexicais. Mente , 63: 359-379.
  6. Christine Fellbaum, editora. 1998. WordNet: Um banco de dados léxico eletrônico . MIT Press.
  7. George Miller. 1998. Prefácio. Em Fellbaum ( 1998 ), páginas xv – xxii




Por blog caderno de educação


Compartilhe Compartilhe Compartilhe Compartilhe Compartilhe .
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo educacional e proporcionar a troca de material didático e experiência entre profissionais da área de educação e, também, disponibilizar material educativo para estudantes, candidatos a concursos públicos, vestibular e ENEM das mais diversas áreas do conhecimento como literatura, história, gramática, geografia, biologia, matemática, física, informática, pedagogia e outras, além de notícias.

Postagens relacionadas, sugeridas e anúncios

0 comentários:

Postar um comentário

.

Publicidade

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.