As formas de relevos são muito desiguais e estão em constante evolução, desde a sua origem. São o resultado de ações lentas e prolongadas ou de movimentos
súbitos produzidos tanto por agentes internos como externos.


6  Formas de relevo e suas características

Mapa - Formas de relevo
Mapa - Imagem ilustrativa pixabay

1. Montanhas


São formadas pela ação de forças tectônicas. Podem ser divididas em jovens e velhas.

2. Planaltos


São formas de relevo com superfícies onde predomina um intenso processo de erosão. Podem apresentar formas aplainadas ou então morros, serras ou elevações íngremes de topo plano.

3. Escarpas


As formas de relevo Escarpas são chamadas impropriamente de serras, tais como a Serra do Mar e a Serra Geral, no Brasil.

4. Planícies


São formadas em áreas onde predomina o processo de sedimentação, que ocorre constantemente por movimentos das águas do mar, de rios etc. A maior parte se situa em baixas altitudes, mas podem existir em altitudes maiores.

5. Depressão Absoluta


Estas formas de relevo são áreas nos continentes situadas abaixo do nível do mar, como o Mar Morto, situado na Ásia, a 395 metros abaixo do nível do mar.

6. Depressão Relativa


São superfícies formadas por processos de erosão, apresentando altitudes mais baixas do que o relevo circundante.

Fonte: FEPESE Criciúma 2014 Prof. Geografia
Obs. Conteúdo sugestivo sendo possível a existência de entendimentos diferentes. Leia os Termos de Uso

Compartilhe!

.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens relacionadas, sugeridas e anúncios
 
Top