Publicidade

Feitos de Mem de Sá - José de Anchieta

José de Anchieta foi um padre jesuíta espanhol dramaturgo, o primeiro gramático. Em 1566, foi enviado à Capitania da Bahia com o encargo de informar ao governador Mem de Sá do andamento da guerra contra os franceses, possibilitando o envio de reforços portugueses ao Rio de Janeiro. (Wikipedia)

Os Feitos de Mem de Sá José de anchieta

Segundo o Site Wikipedia De gestis Mendi de Saa" ("Os feitos de Mem de Sá") impressa em Coimbra em 1563, retrata a luta dos portugueses, chefiados pelo governador-geral Mem de Sá, para expulsar os franceses da baía da Guanabara onde Nicolas Durand de Villegagnon fundara a França Antártica. Esta epopeia renascentista, escrita em latim e anterior à edição de "Os Lusíadas", de Luís de Camões, é o primeiro poema épico da América, tornando-se, assim, o primeiro poema brasileiro impresso, e, ao mesmo tempo, a primeira obra de Anchieta publicada.

FEITOS DE MEM DE SÁ

José de Anchieta

PADRE JOSÉ DE ANCHIETA
DE GESTIS MENDI DE SAA
PRAESIDIS IN BRAIILLIA
JESUS


A história do padre José de Anchieta é de extrema importância para a literatura brasileira. Como o missionario jesuita via os indigenas brasileiros de maneira diferenciada. Foi quem catequizou os índios. A imagem de São José de Anchieta é característica da colonização no Brasil.

Referências
JOSÉ DE ANCHIETA. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2018. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Jos%C3%A9_de_Anchieta&oldid=52912857>. Acesso em: 15 ago. 2018.


Por Blog Caderno de Educação


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias publicadas são informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.


0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar