Educação Financeira tem efeitos sobre sua Capacidade Financeira, diz pesquisa.

Estudo da Universidade de Rhode Island analisou a Educação Financeira do Consumidor e Capacidade Financeira. Tema importante para vida em tempos de consumo, em que é preciso ter um 
controle financeiro, fazer analise financeira, lidar com números complexos, participar de curso de gestão financeira e outras atividades relacionadas.

Quais são efeitos potenciais da educação financeira na capacidade financeira?


O objetivo doe estudo foi explorar os efeitos potenciais da educação financeira na capacidade financeira dos consumidores americanos. O trabalho foi usado para testar a hipótese de que a educação financeira está positivamente relacionada com Capacidade financeira. Quatro variáveis ​​de alfabetização financeira e de comportamento foram usadas para formar o índice de capacidade. Os resultados mostraram que, após o controle de variáveis ​​demográficas e financeiras, os entrevistados que já receberam educação financeira tem maiores pontuações em todos os indicadores de capacidade financeira (alfabetização financeira, comportamento financeiro desejável, capacidade financeira percebida e índice de capacidade).  

Além disso, de acordo com o texto, as variáveis ​​de educação financeira do ensino médio, da faculdade e do local de trabalho mostrou associações positivas com esses indicadores de capacidade financeira.  Estado adicional análises de comparação forneceram evidências sugerindo que a educação financeira de ensino médio pode ter impactos diretos e efeitos colaterais sobre a capacidade financeira do consumidor.

Segundo a pesquisa a educação financeira do consumidor é um tema cada vez mais prevalente na literatura de estudos de consumo nos últimos anos. Pesquisadores estudaram este tópico de diversas
perspectivas argumentando a favor e contra a educação financeira, posicionando a educação como a disciplina fundamental na educação financeira.

No entanto, pouca investigação anterior sobre educação financeira examinou directamente a associação entre exposição à educação e indicadores de capacidade financeira usando um conjunto nacional de dados em grande escala, informam os autores. 

O estudo visava examinar a associação entre educação financeira e capacidade financeira. Segundo os pesquisadores, capacidade financeira refere-se:
  • à capacidade de aplicar conhecimento financeiro apropriado e comportamentos financeiros desejáveis ​​para alcançar o bem-estar financeiro.


Qual é a importância da educação financeira?

Para a pesquisa a educação é crucial para melhorar a capacidade financeira dos consumidores, incentivando comportamentos desejáveis, mas informa que, no entanto, os efeitos da educação financeira são controversos e algumas pesquisas sugerem que a educação financeira tem impactos sobre os resultados financeiros do consumidor enquanto outras implicam que a educação financeira tem efeitos limitados

De acordo com os estudiosos o estudo usou várias medidas de capacidade financeira que incluem quatro variáveis ​​individuais de alfabetização / comportamento e um índice. As quatro variáveis ​​individuais:

  1. alfabetização financeira objetiva, 
  2. alfabetização financeira subjetiva, 
  3. comportamento financeiro desejável e
  4. capacidade financeira percebida. 

Receber qualquer educação financeira faz diferença?

Os resultados do estudo indicaram que receber qualquer educação financeira e receber educação financeira do ensino médio, faculdade e local de trabalho (seja de uma fonte ou de qualquer combinação de fontes) está positivamente associada à alfabetização financeira objetiva alfabetização subjetiva. Essa evidência mostra múltiplos benefícios da educação financeira.

A educação financeira não apenas aumenta o nível de conhecimento dos consumidores, conforme o texto,  mas também aumenta a confiança em seu conhecimento financeiro. Ambas as variáveis ​​de conhecimento objetivo e subjetivo estão associadas com comportamento financeiro positivo.

Os resultados deste estudo sugerem que qualquer educação financeira de fonte específica está associada ao número de comportamentos financeiros positivos, e  pode não só ensinar aos consumidores conteúdo do conteúdo financeiro, mas também fornecer uma rede social e, também demonstram que tanto a educação financeira geral quanto a financeira a educação de uma fonte específica está positivamente associada à capacidade financeira percebida.

A capacidade financeira percebida pode ser considerada como autoeficácia financeira baseada em
conceito psicológico, autoeficácia.  A autoeficácia financeira é associado ao bem-estar financeiro, dizem os pesquisadores. Uma vez que a capacidade financeira real é difícil medida diretamente, esta variável pode ser um bom fator. Finalmente, tanto a educação financeira geral quanto a educação financeira de uma fonte específica estão positivamente associados ao índice de capacidade financeira. 

Limitações e Pesquisas Futuras

Devido às limitações do conjunto de dados que foi usado para conduzir o estudo, as medidas de educação financeira são apenas a exposição dos respondentes à educação financeira de vários fontes como o ensino médio, faculdade e um local de trabalho. Detalhes sobre o tempo, conteúdo e A duração dos cursos financeiros não está disponível a partir do conjunto de dados, o que exclui a oportunidade de realizar análises mais detalhadas. Outra limitação é que os dados são transversais e, portanto, os resultados mostram apenas associações entre variáveis ​​dependentes e independentes que apenas implicam efeitos potenciais da educação financeira sobre a capacidade financeira. 

Embora o trabalho tenha as limitações apontadas acima, ainda indica associações entre educação financeira e capacidade financeira usando um conjunto de dados em grande escala, que é uma notícia encorajadora para educadores de consumidores, formuladores de políticas e pesquisadores. 

Tomados em conjunto, estes resultados sugerem, dizem os pesquisadores, que a educação financeira pode melhorar capacidade, seja ela medida de forma objetiva ou subjetiva. Assim, este estudo empresta apoio aos esforços para melhorar a educação financeira para jovens e adultos. Educação financeira, seja através de aulas formais, seminários no local de trabalho ou outros meios parece ter
resultados. Os consumidores podem ser motivados a buscar educação financeira porque a responsabilidade segurança financeira (por exemplo, poupança para aposentadoria) foi transferida, na sua maioria, de governo e empregadores para americanos individuais. 

Sugestões para melhoria da educação financeira

Para os educadores de consumo, este estudo fornece evidência de que seu trabalho árduo para construir o conhecimento financeiro e as habilidades dos consumidores não é em vão. Com isso dito, há sempre espaço para melhorias, como avaliações mais rigorosas de métodos e fornecer informações “just in time” em “momentos de aprendizado” quando as pessoas motivados por circunstâncias da vida a querer aprender a administrar melhor suas finanças.

Outras formas de melhorar os programas e resultados de educação financeira incluem: treinamento para instrutores de finanças pessoais, adequando programas para públicos específicos, comportamentos subjacentes que moldam as decisões financeiras das pessoas, usando estudos de caso para promover pensamento e habilidades de tomada de decisões financeiras, tornando mais fácil para as pessoas tomarem ações positivas (por exemplo, se inscrever em um plano de investimentoa de contribuição definida ou eleger o escalonamento poupança imediatamente após um seminário sobre o local de trabalho) e ajudar a simplificar fazendo com instruções passo-a-passo e / ou arquitetura de boa escolha. 

Também é importante aumentar a conscientização do público sobre a necessidade de educação financeira e torná-la acessível. Para o autor: 

  • "a educação financeira não é uma opção - é uma necessidade. A segurança financeira das famílias e, por extensão, comunidades e nações, está em jogo."
Veja também

Confira a pesquisa na íntegra aqui

Fonte
Xiao, JJ and O'Neill, B. (2016). Consumer Financial Education and Financial Capability. International Journal of Consumer Studies, 40 (6), 712-721. Available at: 



Por blog caderno de educação


Compartilhe Compartilhe Compartilhe Compartilhe .
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo educacional e proporcionar a troca de material didático e experiência entre profissionais da área de educação e, também, disponibilizar material educativo para estudantes, candidatos a concursos públicos, vestibular e ENEM. Blog de Educação de diversas áreas e disciplinas: infantil, ensino fundamental, médio e superior.

Postagens relacionadas, sugeridas e anúncios

0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar