Publicidade

Sanções do ECA aos responsáveis por castigos vedados na lei.

O Art. 18-B do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA – Lei. 8.069/90, Incluído pela Lei nº 13.010, de 2014 definiu as medidas aplicadas aos responsáveis por infrações na educação de crianças e adolescentes.


Sanções do ECA aos responsáveis por castigos vedados na lei.

5  Sanções do ECA aos responsáveis por castigos vedados na lei.


Segundo o Art. 18-B. Os pais, os integrantes da família ampliada, os responsáveis, os agentes públicos executores de medidas socioeducativas ou qualquer pessoa encarregada de cuidar de crianças e de adolescentes, tratá-los, educá-los ou protegê-los que utilizarem castigo físico ou tratamento cruel ou degradante como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer outro pretexto estarão sujeitos, sem prejuízo de outras sanções cabíveis, às seguintes medidas, que serão aplicadas de acordo com a gravidade do caso:   

  • I - encaminhamento a programa oficial ou comunitário de proteção à família;    
  • II - encaminhamento a tratamento psicológico ou psiquiátrico;     
  • III - encaminhamento a cursos ou programas de orientação;         
  • IV - obrigação de encaminhar a criança a tratamento especializado;           
  • V - advertência.           
Parágrafo único.  As medidas previstas neste artigo serão aplicadas pelo Conselho Tutelar, sem prejuízo de outras providências legais.  

Veja também:


Fonte: Lei 8.069/90        



Por Blog Caderno de Educação


Compartilhe Compartilhe Compartilhe Compartilhe .
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
O Blog Caderno de Educação visa compartilhar conteúdo e proporcionar a troca de material e experiências com os usuários. Todas as matérias públicadas são opinativas, informativas ou sugestivas e não devem ser utilizadas em substituição a informação especializada de um profissional habilitado.

Recomendados para Você:

0 comentários:

Postar um comentário

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar