O CRIME DA OSCAR FREIRE EM "INVESTIGAÇÃO CRIMINAL"

10/12/2013 14:30

            Não, não estamos indicando um programa policialesco, de baixo nível e que tem a intenção de sensacionalismo. Muito pelo contrário. A indicação do Caderno de Educação é de um programa de jornalismo puro, com informações muito bem apuradas e centrado em depoimentos e documentos. Um exemplo de bom e responsável jornalismo.

            Nesta terça-feira (10.12), “Investigação Criminal”, que vai ao ar pelo A&E a partir das 22h30, aborda o “Crime da Rua Oscar Freire”, como ficou conhecido o assassinato do analista de sistemas, Eugênio Bozola e do modelo internacional, Murilo Rezende, em 22 de agosto de 2011.

            A dinâmica do programa procura depoimentos sobre as investigações, o inquérito e consegue declarações sobre as impressões dos profissionais que trabalharam no caso. Dessa forma, quase sempre o “Investigação Criminal” consegue boas informações de bastidores das investigações que, no calor dos fatos não podem ser divulgadas.

            O tempo é outro fator que favorece o programa, já que é mais tranquilo e racional analisar os fatos depois de analisadas todas as nuances.

            Nesse crime, por exemplo, depois da prisão daquele que a Justiça considerou o assassino, Lucas Cintra Rosseti, um amigo de Eugênio que passava uma semana em São Paulo, foi cogitada até a tese de crime homofóbico.

            É interessante a reflexão dos fatos sem a ótica do sensacionalismo. E uma ótima oportunidade para entender o trabalho minucioso e competente das investigações.

            Assista.

 

            PROGRAMA: INVESTIGAÇÃO CRIMINAL

            TV: A&E

            QUANDO: TERÇA-FEIRA (10.12)

            HORÁRIO: 22h30